Banner Portal
Uma leitura de Paulo Freire
PDF

Palavras-chave

Cognição
Drama
Liberdade
Problematização
Tema

Como Citar

PASTRE, José Luiz. Uma leitura de Paulo Freire : construtivismo e dramatização enquanto método. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 21, n. 4, p. 1026–1042, 2019. DOI: 10.20396/etd.v21i4.8652799. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/8652799. Acesso em: 30 maio. 2024.

Resumo

Esse ensaio tem por objetivos: recolher alguns traços a partir dos quais gostaríamos de pensar um construtivismo em Paulo Freire, e; pensar a dinâmica de seu método a partir da noção de dramatização. Trata-se de uma leitura que percorre a obra do autor de maneira transversal, a partir de questões e problemas presentes nessa obra, as quais são importantes para o desenvolvimento de uma educação pensada como uma prática da liberdade e voltada para a construção de uma sociedade democrática. Partirmos da noção de inacabamento do ser humano, considerado por Paulo Freire como um dos núcleos fundamentais onde se sustenta o processo de educação; procuramos pensar alguns aspectos da relação entre vida (existência), conhecimento e pensamento em sua obra; utilizamos a noção de dramatização para pensar a dinâmica de seu método, assim como, a inter-relação entre a dimensão estética, política e cognitiva das práticas educacionais. 

https://doi.org/10.20396/etd.v21i4.8652799
PDF

Referências

DELEUZE, Gilles. Différence et Répétition. Paris: PUF, 2003.

DELEUZE, Gilles. Nietzsche et la Philosophie. Paris: PUF, 1998.

FREIRE, Paulo. Ação Cultural para a Liberdade e outros escritos. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2015a.

FREIRE, Paulo. À sombra desta mangueira. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. São Paulo: Paz e Terra, 2018.

FREIRE, Paulo. Educação e Mudança. São Paulo: Paz e Terra, 2011a.

FREIRE, Paulo. Extensão ou Comunicação? Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2015b.

FREIRE, Paulo & SHOR, Ira. Medo e ousadia. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986.

FREIRE, Paulo & HORTON, Myles, Antonio. O caminho se faz caminhando. Petrópolis: Editora Vozes, 2003.

FREIRE, Paulo & GUIMARÃES, Sergio. Partir da infância: diálogos sobre educação. São Paulo: Paz e Terra, 2011b.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da indignação. São Paulo: Editora UNESP, 2000.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da solidariedade. São Paulo: Editora Paz e Terra, 2016a.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da tolerância. São Paulo: Editora Paz e Terra, 2016b.

FREIRE, Paulo. Pedagogia de sonhos possíveis. São Paulo: Editora Paz e Terra, 2014ª

FREIRE, Paulo. Pedagogia do compromisso. Indaiatuba: Villa das Letras, 2008.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

FREIRE, Paulo. Política e Educação. São Paulo: Paz e Terra, 2014b.

FREIRE, Paulo & FAUNDEZ, Antonio. Por uma Pedagogia da Pergunta. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985.

FROMM, Erich. O coração do homem. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1970.

HUXLEY, Aldoux. El fin y los medios. Trad. Jorge M. Bullrich. Buenos Aires: Editorial Hermes, 1955.

JUDE, Ismaël. Gilles Deleuze, Théâtre et philosophie: La méthode de dramatisation. Bruxelles: Éditions Sils Maria, 2013.

KASTRUP, Virginia & Outros (Org.). Políticas da Cognição. Porto Alegre: Sulina, 2008.

LEHMANN, Hans-Thies. Teatro Pós-Dramático. Trad. Pedro Süssekind. São Paulo: Cosac Naify, 2007.

POLITZER, Georges. Crítica aos Fundamentos da Psicologia – a psicologia e a psicanálise. Trad. Marcos Marcionilo e Yvone M. T. da Silva. Piracicaba: Editora da UNIMEP, 1998.

XAVIER, Ismail. O olhar e a cena. São Paulo: Cosac & Naify, 2003.

A ETD - Educação Temática Digital utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.