Banner Portal
Interações intergeracionais
PDF

Palavras-chave

Idosos
Recursos tecnológicos
Práticas corporais
Extensão universitária

Como Citar

LUIZ, Jaison Marques; MOTA, Rafael Silveira da; SILVA, Veronice Camargo da. Interações intergeracionais: concepções de um grupo acadêmico sobre o envelhecimento humano e suas implicações. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 22, n. 2, p. 317–335, 2020. DOI: 10.20396/etd.v22i2.8654388. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/8654388. Acesso em: 25 jun. 2024.

Resumo

A presente investigação é resultante de um projeto de extensão desenvolvido em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), localizada na cidade de Bagé-RS e traz como objetivo geral reflexionar sobre o preconceito e a desigualdade social na terceira idade, a partir dos atravessamentos e problemáticas que a compõem. Tendo em vista as evidências com relação ao preconceito, buscou-se, ainda, apontar os caminhos que um grupo de acadêmicos do curso de Pedagogia de uma universidade pública, voluntários, participantes do referido projeto, seguiu para amenizar e constatar tal realidade. Para tanto, a presente investigação caracterizou-se como uma pesquisa qualitativa, cujos dados foram coletados durante seis meses e, como instrumento, utilizaram-se os diários reflexivos produzidos pelos acadêmicos voluntários. Para fins de análise, foram selecionadas trechos dos diários reflexivos de três acadêmicos. Destaca-se, nesta pesquisa, a relevância de que jovens acadêmicos possam participar de ações como esta, tendo em vista que se constitui num espaço de intervenção para um trabalho intergeracional e para a desconstrução de preconceitos com relação ao processo de envelhecimento e suas limitações.

https://doi.org/10.20396/etd.v22i2.8654388
PDF

Referências

ANTUNES NETO, Joaquim Maria Ferreira; FERREIRA, Daiana Cardoso Balleiro Guimarães; REIS, Ivone Cristina; CALVI, Régis George; RIVERA, Rodrigo José Battibugli. Manutenção de microlesões celulares e respostas adaptativas a longo prazo no treinamento de força. Brazilian Journal of Biomotricity, v. 1, n. 4, p. 87-102, 2007.

AZEVEDO, Álvaro Villaça. Abandono moral. Jornal do Advogado, OAB/SP, v. 1, n.289, p. 14, dez./2004.

BEE, Helen. O ciclo vital. Porto Alegre: Artes Médicas. 1997.

BOBBIO, Norberto. O tempo da memória: de Senectute e outros escritos autobiográficos. 6. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

BRAGA, Pérola Melissa Vianna. Curso de direito do idoso. São Paulo: Atlas, 2011.

BRANDÃO, Vera Maria Antonieta Tordino; MERCADANTE, Elizabeth Frohlich. Envelhecimento ou longevidade? São Paulo: Paulus, 2009. (Coleção Questões Fundamentais do Ser Humano)

BRASIL, Agência Nacional de Vigilância Sanitária. RDC nº 283, de 26 de setembro de 2005. Regulamento técnico para o funcionamento das instituições de longa permanência para idosos. Brasília, Distrito Federal: ANVISA, 2005.

BRASIL, Ministério da Saúde. Estatuto do idoso. 2013. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/estatuto_idoso_3edicao.pdf . Acesso em: 20 de ago. 2018.

CARONE, Iray. De Frankfurt à Budapest: os paradoxos de uma psicologia de base marxista. Psicologia USP, São Paulo, v. 2, n. 1-2, p. 11-120, 1991.

CASTELLS, Manuel. La era de la información: economía, sociedad y cultura. México: Siglo Veintiuno, 1999.

CIAMPA, Antônio da Costa. A estória do Severino e a história da Severina: um ensaio de psicologia social. 3. ed. São Paulo: Brasiliense, 2011.

DA SILVA, Michel Carvalho. As tecnologias de comunicação na memória dos idosos. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-66282016000200379&lng=pt&tlng=pt Acesso em: 18 ago. 2018.

DEL-MASSO, Maria Candida Soares. Universidade aberta à terceira idade: percurso de uma história na UNESP. In: DÁTILO, Gilsenir Maria Prevelato de Almeida, CORDEIRO, Ana Paula (Org.). Envelhecimento humano: diferentes olhares. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2015.

FONSECA, João José Saraiva. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002.

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS. Dicionário de Ciências Sociais. Rio de Janeiro: FGV, 1990.

IBGE, Agência de notícias. Projeção da População 2018: número de habitantes do país deve parar de crescer em 2047. 2018. Disponível em: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/21837-projecao-da-populacao-2018-numero-de-habitantes-do-pais-deve-parar-de-crescer-em-2047 . Acesso em: 18 ago. 2018.

IZQUIERDO, Ivan. Questões sobre memória. São Leopoldo: Editora Unisinos, 2004.

JOAQUIM, Nelson. Igualdade e discriminação. Âmbito Jurídico, Rio Grande, IX, n. 31, jul. 2006. Disponível em: http://www.ambitojuridico.com.br/site/index.php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=1663 . Acesso em: 18 mai. 2019.

MEZAN, Renato. Tempo de muda: ensaios de psicanálise. São Paulo: Cia das Letras, 1998.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. Pesquisa social: teoria método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 2001.

REIS, Elisa. Dossiê Desigualdade: apresentação. Revista Brasileira de Ciências Sociais da ANPOCS, v. 15, n. 42, p. 73-75, fev. 2000.

SILVA; Barbara Tarouco; SANTOS; Silvana Sidney Costa. Cuidados aos idosos institucionalizados - opiniões do sujeito coletivo enfermeiro para 2026. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S010321002010000600010&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 19 de maio de 2019.

SCHIAVINATO, Alessandra Maria; MACHADO, Bruna de Carvalho; PIRES, Marcela de Araújo; BALDAN, Cristiano. Influência da realidade virtual no equilíbrio de pacientes portadores de disfunção cerebelar - estudo de caso. Revista Neurociência. Santana de Parnaíba, v.19, n.1, p. 119- 127, 2011.

TAGUIEFF, Pierre-André. La force du prejugé: essai sur le racisme et ses doubles. Paris: Éditions La Découverte, 1987.

TAUSSIG, Michael. Mimesis and alterity. New York and London: Routledge, 1993.

THEISEN, Jossemar de Matos. O letramento digital e a leitura online no contexto universitário. Pelotas: UCPEL, 2015.

WATANABE, Helena Akemi; DI GIOVANNI, Vera Maria. Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs). Envelhecimento & Saúde. Boletim do Instituto de Saúde, abr./2009.

A ETD - Educação Temática Digital utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.