Realidade virtual e formação de professores

contribuições, desafios e limites

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v24i2.8659798

Palavras-chave:

Formação de professores, Pedagogia, Realidade virtual, Tecnologia

Resumo

A realidade virtual é uma mídia que se constitui de simulações computacionais interativas. Devido às suas características e à possibilidade de simular vários contextos e situações, a realidade virtual pode contribuir de modo significativo para a formação de professores. A revisão da literatura evidenciou poucos estudos relacionados ao tema. Objetivou-se analisar a compreensão de discentes e docentes da licenciatura em Pedagogia da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó) sobre a realidade virtual e sua aplicação na formação de professores. Utilizou-se uma abordagem metodológica de cunho qualitativo e exploratório. Coletaram-se dados a partir de entrevistas despadronizadas com dezesseis participantes, sendo doze discentes e quatro docentes. A análise de dados se deu por meio da Análise de Conteúdo. Concluiu-se que os estudos sobre a realidade virtual e a formação de professores estão em estágio inicial. Porém, a tecnologia contribui para preparar os futuros professores para a inserção no mercado de trabalho, pois possibilita a experiência de situações que não são possíveis na realidade física.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ingrid Gehlen Felkl, Universidade Comunitária da Região de Chapecó

Mestra em Educação pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó). Chapecó, SC - Brasil.

Ivo Dickmann, Universidade Comunitária da Região de Chapecó

Pós-doutor em Educação pela Universidade Nove de Julho (Uninove). São Paulo, SP - Brasil. Professor Titular da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó). Chapecó, SC - Brasil.

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BILLINGSLEY, G.; SCHEUERMANN, B. Using virtual technology to enhance field experiences for pre-service special education teachers. Teacher Education and Special Education, 37 (3), 255-272, 2014. DOI: https://doi.org/10.1177/0888406414530413 DOI: https://doi.org/10.1177/0888406414530413

BILLINGSLEY, G.; SMITH, S.; SMITH, S.; & MERRIT, J. (2019). A systematic literature review of using immersive virtual reality technology in teacher education. Journal of Interactive Learning Research, 30 (1), 65-90, 2019. Disponível em: https://www.learntechlib.org/primary/p/176261/. Acesso em: 08 maio 2020.

BROWN, A. H. Simulated classrooms and artificial students: the potential effects of new technologies on teacher education. Journal of Research on Computing in Education, 32 (2), 307-318, 1999. DOI: https://doi.org/10.1080/08886504.1999.10782281 DOI: https://doi.org/10.1080/08886504.1999.10782281

COTE, M.; BOULAY, J.; OZELL, B.; LABELLE, H.; & AUBIN, C. Virtual reality simulator for sco-liosis surgery training: transatlantic collaborative tests. IEEE International Workshop on Haptic Audio Visual Environments and Games. Danvers: Institute of Electrical and Elec-tronics Engineers, 2008. DOI: https://doi.org/10.1109/HAVE.2008.4685289 DOI: https://doi.org/10.1109/HAVE.2008.4685289

COSTA, R. S. da.; OLIVEIRA, E. R. Concepções freirianas e realidade virtual: aprendizagem em artes no ensino fundamental. E-Mosaicos, Rio de Janeiro, v. 6, n. 13, 162-181, 2017. DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2017.32044 DOI: https://doi.org/10.12957/e-mosaicos.2017.32044

CRUZ, G. B. Didática e formação de professores. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 47, n.166, p. 1100-1105, out./dez. 2017. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/198053145099 DOI: https://doi.org/10.1590/198053145099

DIEKER, L. A.; HYNES, M. C.; HUGHES, C. E.; HARDIN, S.; BECHT, K. TLE TeachLive™: using technology to provide quality professional development in rural schools. Rural Special Education Quarterly, 34 (3), 11-16, 2015. DOI: https://doi.org/10.1177/875687051503400303 DOI: https://doi.org/10.1177/875687051503400303

FOLGIARINI, J. L. da C.; DICKMANN, I. Formação inicial na Pedagogia e o trabalho nas esco-las multisseriadas do campo no Oeste de Santa Catarina - Brasil. Revista Formação Do-cente, Belo Horizonte, v. 11, n. 2, p. 121-136, maio/ago. 2019. Disponível em: https://revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/225. Acesso em: 08 maio 2020.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários às práticas educativas. São Pau-lo: Paz e Terra, 1996.

GATTI, B. A. Didática e formação de professores: provocações. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 47, n. 166, p. 1150-1164, 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/198053144349 DOI: https://doi.org/10.1590/198053144349

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2018.

KATZ, Y. J. Kindergarten teacher training through virtual reality: three-dimensional simu-lation methodology. Educational Media International, v. 36, n. 2, p. 151-156, 1999. DOI: https://doi.org/10.1080/0952398990360211 DOI: https://doi.org/10.1080/0952398990360211

JERALD, J. The VR Book: human-centered design for virtual reality. Nova York: Association for Computing Machinery; Morgan & Claypool Publishers, 2016.

MINOCHA, S.; TUDOR, A.; TILLING, S. Affordances of mobile virtual reality and their role in learning and teaching. THE 31st BRITISH HUMAN COMPUTER INTERACTION CONFERENCE, 3-6 Jul 2017, University of Sunderland’s St. Peter’s Campus, UK. Sunderland, 2017. Dispo-nível em: http://oro.open.ac.uk/49441/. Acesso em: 08 maio 2020.

MOW, J. M.; FOKKENS-BRUINSMA, M.; GERT-JAN, V. Using virtual reality to promote pre-service teachers’ classroom management skills and teacher resilience: a qualitative evalu-ation. 6th INTERNATIONAL CONFERENCE ON HIGHER EDUCATION ADVANCES (HEAd’20), 2-5 Jun 2020, Universitat Politecnica de València, Espanha. Valencia, 2020. Disponível em: http://ocs.editorial.upv.es/index.php/HEAD/HEAd20/paper/viewFile/11049/5561. Acesso em: 26 dezembro 2020. DOI: https://doi.org/10.4995/HEAd20.2020.11049

PASSIG, D. The impact of immersive virtual reality on educators’ awareness of the cogni-tive experiences of pupils with dyslexia. Teachers College Record, v. 113, n. 1, 2011. Dis-ponível em: https://www.tcrecord.org/PrintContent.asp?ContentID=15992. Acesso em: 08 maio 2020.

RECUERO, R. Redes sociais na internet. Porto Alegre: Sulina, 2009.

SHERMAN, W. R.; CRAIG, A. B. Understanding virtual reality: interface, application, and design. San Francisco: Elsevier, 2003. DOI: https://doi.org/10.1162/105474603322391668

SILVA, B.; ARAÚJO, A. M.; VENDRAMINI, C. M.; MARTINS, R. X.; PIOVEZAN, N. M.; PRATES, E.; DIAS, A. S.; ALMEIDA, L. S.; RODRIGUES, M. C.; JOLY, A. Aplicação e uso de tecnologias digitais pelos professores do ensino superior no Brasil e Portugal. Educação, Formação & Tecnologias, v. 7, n. 1, p. 3-18, jan./jun. 2014. Disponível em: https://www.eft.educom.pt/index.php/eft/article/view/424/195. Acesso em: 08 maio 2020.

SLATER, M.; WILBUR, S. A framework for immersive virtual environments (FIVE): specula-tion on the role of presence in virtual environments. Presence: teleoperators and virtual environments, v. 6, n. 6, p. 603-616, 1997. DOI: https://doi.org/10.1162/pres.1997.6.6.603 DOI: https://doi.org/10.1162/pres.1997.6.6.603

TORI, R.; QUEIROZ, A. C. M.; CORRÊA, A. G. D.; VALERIO NETTO, A. Educação. In: TORI, R.; & HOUNSELL, M. da S. (Org.). Introdução a realidade virtual e aumentada. Porto Alegre: Edi-tora SBC, 2018. Disponível em: http://www.de.ufpb.br/~labteve/publi/2018_livroRVA.pdf. Acesso em: 08 maio 2020. DOI: https://doi.org/10.5753/sbc.6654.2

YIN, R. K. Pesquisa qualitativa do início ao fim. Porto Alegre: Penso, 2016.

Downloads

Publicado

2022-05-23

Como Citar

Felkl, I. G. . ., & Dickmann, I. (2022). Realidade virtual e formação de professores: contribuições, desafios e limites. ETD - Educação Temática Digital, 24(2), 296–315. https://doi.org/10.20396/etd.v24i2.8659798