O código de ética e deontologia do bibliotecário

reflexões freirianas a respeito de elementos sociolaborais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rdbci.v20i00.8670110

Palavras-chave:

Ética do bibliotecário, Código de ética, Ocupações, Filosofia e ética, Responsabilidade

Resumo

Introdução: Neste trabalho, de caráter ensaístico, discute-se alguns aspectos da ética do bibliotecário a partir do pensamento de Paulo Freire. Objetivo: Identificar possíveis especificidades e mesmo orientações conceituais dos diversos fenômenos e pontos relevantes da ética universal do ser humano, situa-se a importância com um código sobre a atuação profissional e práticas bibliotecárias. Método: O viés metodológico resgata textos clássicos, de Freire, intitulado ‘O compromisso do profissional com a sociedade’ e a obra ‘Educação como prática da liberdade’ para construir reflexões acerca da atuação profissional. Com a pesquisa bibliográfica, aborda-se itens do Código de Ética e Deontologia do Bibliotecário brasileiro, destacando subsídios que ampliem a proposta dialética e dialógica no contexto socio-histórico, cultural e político da mediação informacional. Resultados: O diagnóstico recupera itens indexados em plataformas e repositórios digitais como: Brazilian Open Access Publications and Scientific Data Portal - Oasisbr; o SciVerse Scopus - Elsevier; a SPELL - Scientific Periodicals Electronic Library e a Brapci de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação. As bases de dados e as seleções das publicações situam abordagens Imprescindíveis ao ensino contextualizado da ética e cidadania - construindo valores na escola e na universidade e na sociedade. Conclusão: Os resultados mostram que a ética e o compromisso são preceitos essenciais para alta performance profissional e institucional. Conclui-se que os itens documentais selecionados são significativos para o estudo de revisão literária da ética e do comprometimento do bibliotecário perante a sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Antonio Luiz Mattos de Souza Cardoso, Universidade Federal do Espírito Santo

Doutor em Educação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professor Associado do Departamento de Biblioteconomia da Universidade Federal do Espírito Santos - Campus de Goiabeiras (Vitória, ES - Brasil).

Marcelo Calderari Miguel, Universidade Federal do Espírito Santo

Mestrando em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Espírito Santo - Campuas de Goiabeiras (Vitória, ES, Brasil).

Philippe Peterle Modolo, Universidade Federal do Espírito Santo

Mestrando em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Espírito Santo. Estudante do primeiro período do curso de Arquivologia na Universidade Federal do Espírito Santo - Campus de Goiabeiras (Vitória - ES, Brasil).

  • Reconhecimentos: Não é aplicável.
  • Financiamento: O presente trabalho foi realizado com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Brasil (CAPES) – Código de Financiamento 001.
  • Conflitos de interesse: Os autores certificam que não têm interesse comercial ou associativo que represente um conflito de interesses em relação ao manuscrito.
  • Aprovação ética: Não é aplicável.
  • Disponibilidade de dados e material: Não é aplicável.
  • Contribuições dos autores: MIGUEL, M. C.; MODOLO; P. P.; CARDOSO, A. M. S.: Conceitualização; MIGUEL, M. C.: Análise formal; Escrita – rascunho origina; MIGUEL, M. C.; MODOLO; P. P.: Investigação; MIGUEL, M. C.: Administração do projeto; MODOLO; P.P.:Aquisição de financiamento, Curadoria de dados, Metodologia, Investigação, Visualização, Escrita – revisão & edição; CARDOSO, A. M. S.: Metodologia, Supervisão; MIGUEL, M. C.; MODOLO; P. P.; CARDOSO, A. M. S.: Escrita – revisão & edição.

Referências

ARAÚJO, C. A. Á. O que é Ciência da Informação. Belo Horizonte: KMA, 2018. Disponível em: https://docero.com.br/doc/evcece1. Acesso em: 17 maio 2022.

BEDENDO, T. F. Paulo Freire vive! : uma análise da contribuição freiriana à luz da teoria das representações. 2021. 158 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-graduação Ensino de Humanidades, Instituto Federal do Espírito Santo, Vitória, 2021. Disponível em: https://repositorio.ifes.edu.br/handle/123456789/1622?show=full. Acesso em: 12 maio 2022.

CARLOS, D. do S. S. V.; SILVA, E. J. L. da. Alguns achados sobre ética em Freire na obra “Educação como prática da liberdade”. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 22, n. 72, 2021. DOI: 10.7213/1981-416X.22.072.AO03. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/dialogoeducacional/article/view/28328. Acesso em: 17 maio. 2022. DOI: https://doi.org/10.7213/1981-416X.22.072.AO03

CFB: CONSELHO FEDERAL DE BIBLIOTECONOMIA. Resolução CFB nº 207/2018. Aprova o Código de ética e deontologia do bibliotecário brasileiro, que fixa as normas orientadoras de conduta no exercício de suas atividades profissionais. Brasília: CFB, 2018. Disponível em: https://bit.ly/3Sdn91c. Acesso em: 11 maio 2022.

CRB6: CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA REGIÃO DA 6ª REGIÃO. Opine sobre o novo Código de ética do bibliotecário. CRB6, Belo Horizonte, nov. 2017. Disponível em: http://blog.crb6.org.br/artigos-materias-e-entrevistas/opine-sobre-o-novo-codigo-de-etica-do-bibliotecario/. Acesso em: 11 maio 2022.

FERREIRA, S. D. Educação popular, movimentos sociais e politicidade da educação em Paulo Freire. In: ZITKOSKI, Jaime José; ROBAINA, J. V. L.; SOARES, J. R. (org.). Paulo Freire e a educação contemporânea. Curitiba: Editora Bagai, 2021. p. 58-68. Disponível em: https://editorabagai.com.br/product/paulo-freire-e-a-educacao-contemporanea%E2%80%89/. Acesso em: 17 maio. 2022.

FINKLER, M.; CAETANO, J. C.; RAMOS, F. R. S. Ética e valores na formação profissional em saúde: um estudo de caso. Ciência & Saúde Coletiva. Rio de Janeiro, v. 18, n. 10, 2013 Disponível em: https://www.scielosp.org/pdf/csc/2013.v18n10/3033-3042/pt. Acesso em: 08 maio 2022. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-81232013001000028

FREIRE, P. Educação como pratica da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1967. Disponível em: https://www.academia.edu/79367826/FREIRE. Acesso em: 08 maio 2022.

FREIRE, P. Educação e mudança. 38. ed. Rio de Janeiro / São Paulo: Paz e Terra, 2018. 110p. Prefácio de Moacir Gadotti; Tradução Lilian Lopes Martin.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 54. ed. Rio de Janeiro; São Paulo: Paz e Terra, 2016. 143 p. ISBN 9788577531639 (broch.).

FREIRE, P. Pedagogia da tolerância. 7. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2020.

GADOTTI, M. (org.). Paulo freire: uma biobibliografia. São Paulo: Cortez – Instituto Paulo Freire, 1996. Disponível em: https://bit.ly/3SfOfVH. Acesso em: 18 maio de 2022.

GADOTTI, M. A escola e o professor: Paulo Freire e a paixão de ensinar. São Paulo: Publisher Brasil, 2007. Disponível em: https://bit.ly/3SmAm7W. Acesso em: 18 maio de 2022.

GOMES, N. R. A ética de Paulo Freire aplicada ao jornalismo: uma análise da cobertura do caso “Bebé Deitado ao Lixo” pelo Jornal Correio da Manhã. Revista Comunicando: Universidade da Beira Interior, Covilhã, v. 10, n. 2, p. 207-226, 2021. Disponível em: https://bit.ly/3zuZq4h. Acesso em: 18 maio de 2022.

IFLA. UNESCO. Manifesto da IFLA/UNESCO sobre bibliotecas públicas. 1994. Disponível em: http://archive.ifla.org/VII/s8/unesco/port.htm. Acesso em: 5 nov. 2013

IJUIM, J. K. A responsabilidade social do jornalista e o pensamento de Paulo Freire. Em Questão: periódicos científicos da UFRGS, Porto Alegre, v. 15, n. 2, 2010. Disponível em: https://bit.ly/3vv4aW3. Acesso em: 17 maio. 2022.

KOHAN, W. O. Paulo Freire partia da percepção de que vivemos um sistema insuportavelmente injusto, excludente, opressor, racista e machista. [Entrevista cedida a] Cátia Guimarães. EPSJV/Fiocruz: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Rio de Janeiro, set. 2021. Disponível em: https://www.epsjv.fiocruz.br/noticias/entrevista/paulo-freire-partia-da-percepcao-de-que-vivemos-um-sistema-insuportavelmente. Acesso em: 23 maio 2022.

BRASIL. Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011. Regula o acesso a informações [...] e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República, 2011. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12527.htm. Acesso em: 11 maio 2022.

LOPES, I. P.; KOHAN, W. O.. Sobre as meninices de Paulo Freire mais do que nunca e as nossas. Reflexão e Ação, Santa Cruz do Sul, v. 29, n. 3, p. 282-295, 22 nov. 2021. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/article/view/15997. Acesso em: 23 maio 2022.

MARTINS, C. W. S. A cada LGBTI+ o seu livro? Identidade de gênero e sexualidade na biblioteconomia brasileira. Revista Informação na Sociedade Contemporânea, Natal, v. 6, p. e27728, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/informacao/article/view/27728. Acesso em: 29 maio. 2022. DOI: https://doi.org/10.21680/2447-0198.2022v6n0ID27728

MONTEIRO, K. P. L.; Vignoli, R. G. O código de ética do bibliotecário. In: WORKSHOP DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (WPCI), 2., 2013, Londrina. Anais [...] Londrina: Universidade Estadual de Londrina, p. 1-8, 2013. Disponível em: https://bit.ly/3JpNllk. Acesso em 16 maio 2022.

PAULA, V. C. de. 'Não estamos só': a ética na prática do Sistema CFB/CRB por meio da representação social de bibliotecários fiscais. 2020. 305 p. Dissertação (Mestrado) – Universidade do Estado de Santa Catarina, Centro de Ciências Humanas e da Educação, Programa de Pós-Graduação em Gestão de Unidades de Informação, Florianópolis, 2020. Disponível em: https://bit.ly/3OPqHnr. Acesso em: 27 maio 2022.

POLLI, J. R. Paulo Freire, o educador da esperança. 2. ed. Jundiaí: In House, 2013.

RASCHE, F. Ética e deontologia: o papel das associações profissionais ethics and deontology: the profissional associations role p. 175-188. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 10, n. 2, p. 175-188, 2005. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/76753. Acesso em: 29 maio 2022.

RODRIGUES, A. V. F.; MIRANDA, C. L.; CRESPO, I. M. Inteligência competitiva em unidades de informação: ética e gestão. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia & Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 8, n. 2, p. 53-71, 2010. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/1947. Acesso em: 16 maio 2022.

RONCAGLIO, C. A história administrativa serve como subsídio para a organização da informação arquivística ou vice-versa?. Acervo - Revista do Biblioteca Nacional, Rio de Janeiro, v. 25, n. 2, p. 92-103, 2013. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/40286. Acesso em: 16 maio 2022.

SANTANA, J. A.; NUNES, J. V. Ética profissional, deontologia e sindicalismo na biblioteconomia brasileira. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 16, n. 1, p. 56-77, 2018. Disponível em https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8649700. Acesso em: 16 maio 2022. DOI: https://doi.org/10.20396/rdbci.v16i1.8649700

SILVA, A. C. B. M. et al. Responsabilidade social do bibliotecário. Informação & Informação, Londrina, v. 26, n. 2, p. 287-305, jul. 2021. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/v/161873. Acesso em: 7 maio 2022.

SILVA, A. C. B. M.; GARCIA, J. C. R. Responsabilidade ética e social do bibliotecário e a lei de acesso à informação. Ágora, Florianópolis, v. 27, n. 55, p. 539-565, 2017. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/13457. Acesso em: 30 abr. 2022.

SILVA, E. P.; ORRICO, E. G. D. O projeto da associação dos bibliotecários brasileiros para o campo arquivístico. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 20, n. 3, p. 85-100, 2015. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/v/33270. Acesso em: 08 maio 2022. DOI: https://doi.org/10.1590/1981-5344/1916

SILVA, M. F. A. P. da; FREIRE, G. H. A. A socialização da informação: possíveis contribuições de Paulo Freire à Ciência da Informação. Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia, João Pessoa, v. 8, n. 2, 2013. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/25020. Acesso em: 18 maio 2022.

SOUZA, M. S. de. A formação do bibliotecário para mediação da informação: relação entre currículos e práticas docentes. 2021. 301 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Instituto de Ciência da Informação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2021. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/34849. Acesso em: 11 maio 2022.

Publicado

2022-08-02

Como Citar

CARDOSO, A. L. M. de S. .; MIGUEL, M. C.; MODOLO, P. P. . O código de ética e deontologia do bibliotecário: reflexões freirianas a respeito de elementos sociolaborais. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 20, n. 00, p. e022018, 2022. DOI: 10.20396/rdbci.v20i00.8670110. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8670110. Acesso em: 2 dez. 2022.

Dados de financiamento