Banner Portal
(In)segurança alimentar e nutricional e fatores associados em famílias chefiadas por mulheres beneficiárias do Programa Bolsa Família
PDF

Palavras-chave

Alimentação
Consumo de Alimentos
Programas Sociais
Segurança alimentar e nutricional
Vulnerabilidade social

Como Citar

BORTOLANZA, Emanueli Dalla Vecchia de Campos; SCHMITT, Vania; UCHIDA, Nancy Sayuri; SANTOS, Emilaine Ferreira dos; VIEIRA, Daniele Gonçalves; MAZUR, Caryna Eurich. (In)segurança alimentar e nutricional e fatores associados em famílias chefiadas por mulheres beneficiárias do Programa Bolsa Família. Segurança Alimentar e Nutricional, Campinas, SP, v. 30, n. 00, p. e023001, 2023. DOI: 10.20396/san.v30i00.8670041. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/san/article/view/8670041. Acesso em: 28 maio. 2024.

Resumo

Introdução: A segurança alimentar e nutricional (SAN) é a garantia do direito ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a outras necessidades essenciais. Sabe-se que a má alimentação, é mais frequente nas mulheres e crianças em situação de vulnerabilidade social e com insegurança alimentar e nutricional (IAN). Objetivo: compreender o nível de IAN em beneficiárias do Programa Bolsa Família (PBF). Método: estudo transversal realizado com 71 famílias. Utilizou-se a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (EBIA) para avaliar a SAN, além do estado nutricional e a ingestão alimentar. Resultados: 88,73% (n=63) das famílias apresentaram IAN. Foram observados valores significativos entre as comparações de IAN grave e SAN nas famílias que recebem doação de comida, as que têm acesso apenas por doação de terceiros, e aquelas que fazem as compras prioritariamente fora do bairro (p<0,05). Quem está em IAN grave tem 1,4 vezes mais chance de não consumir o café da manhã e 2,2 vezes mais chance de não consumir frutas. Conclusão:  Foi identificado um alto nível de IAN, o que sugere que devem ser realizadas ações que melhorem este quadro.

https://doi.org/10.20396/san.v30i00.8670041
PDF

Referências

Declaração Universal dos Direitos Humanos. Brasil: UNICEF, [1948]. Disponível em: https://www.unicef.org/brazil/declaracao-universal-dos-direitos-humanos. Acesso em: 06/01/2022.

Brasil. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil: texto constitucional promulgado em 5 de outubro de 1988, com as alterações determinadas pelas Emendas Constitucionais de Revisão nos 1 a 6/94, pelas Emendas Constitucionais nos 1/92 a 91/2016 e pelo Decreto Legislativo número 186/2008. – Brasília: Senado Federal, Coordenação de Edições Técnicas; 2016. 496 p. Disponível em: https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/518231/CF88_Livro_EC91_2016.pdf. Acesso em: 25/09/2021.

Brasil. Lei no 11.346 de 15 set. 2006. Lei Orgânica de Segurança Alimentar e Nutricional. Diário Oficial da União. 18 set 2006. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11346.htm. Acesso em: 20/09/2021.

Campello, T. et al. Programa Bolsa Família: uma década de inclusão e cidadania. 1. ed. Brasília: Ipea; 2013. 494 p. Disponível em: https://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&id=20408. Acesso em: 25/09/2021.

Ibase. Repercussões do Programa Bolsa Família na Segurança Alimentar e Nutricional das famílias beneficiadas. Documento síntese. Rio de Janeiro: Ibase; 2008. Disponível em: http://www5.ensp.fiocruz.br/biblioteca/dados/txt_385317780.pdf. Acesso em: 25/09/2021.

Carvalho, TFB et al. Nutritional status and food safety of families benefited by the bolsa familia program: integrative review. Cuidado É Fundamental 2020 , n. 12, p. 593-602, 2020. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/8961. Acesso em: 20/11/2021.

Damião JJ, et al. Condicionalidades de saúde no Programa Bolsa Família e a vigilância alimentar e nutricional: narrativas de profissionais da atenção primária à saúde. Cad. Saúde Pública 2021; 37(10):e00249120. Disponível em: http://cadernos.ensp.fiocruz.br/static//arquivo/1678-4464-csp-37-10-e00249120.pdf. Acesso em: 30/11/2021.

Cotta, RMM; Machado, JC. Programa Bolsa Família e segurança alimentar e nutricional no Brasil: revisão crítica da literatura. Revista Panam Salud Pública 2013 1(33): 54-60. Disponível em: https://www.scielosp.org/pdf/rpsp/2013.v33n1/54-60 Acesso em: 30/11/2021.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia Alimentar para a População Brasileira / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – 2. ed. – Brasília: Ministério da Saúde; 2014. 156 p. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira_2ed.pdf. Acesso em: 30/11/2021.

Pereira, MD et al. Análise Comparativa dos Guias Alimentares para a População Brasileira e Argentina. Saúde e Pesquisa 2019 3(12):563-572. Disponível em: https://docs.bvsalud.org/biblioref/2020/02/1049426/12_7345-maria-devany_port_ing_norm.pdf. Acesso em: 25/09/2021.

Morais, DC et al . Insegurança alimentar e indicadores antropométricos, dietéticos e sociais em estudos brasileiros: uma revisão sistemática. Ciênc. saúde coletiva 2014 19(5): 1475-1488. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csc/a/hTDB7QSGT5f6P9smKXkC3HR/abstract/?lang=pt. Acesso em: 25/09/2021.

Ruschel, LF Fialho et al. Insegurança alimentar e consumo alimentar inadequado em escolares da rede municipal de São Leopoldo, RS, Brasil. Ciênc. saúde coletiva 2016 21(7):2275-2286. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csc/a/yyFyKT6Zb7gCytDCQbtRKfQ/abstract/?lang=pt. Acesso em: 25/09/2021.

Nascimento, E. C. do et al. A influência do Programa Bolsa Família nas práticas alimentares das famílias do Território do Marajó, Pará, Brasil. Scientia Plena 2016 12(6):p. 1-11. Disponível em: https://www.scielo.br/j/inter/a/9X7NYC7j8Gw3Z6mQ7cYGtXg/abstract/?lang=pt. Acesso em: 25/09/2021.

Castro, MG; Lara, MDNB. Gênero e Soberania Alimentar: as mulheres como sujeitos ativos na construção da alimentação e da nutrição. Observatório do Direito À Alimentação e À Nutrição 2015:31-34. Disponível em: https://www.righttofoodandnutrition.org/files/Watch_2015_Article_3_port_G%C3%A9nero%20e%20soberania%20alimentar.pdf. Acesso em: 25/09/2021.

UNASUS [internet]. Brasil: Organização Mundial de Saúde declara pandemia do novo Coronavírus. [atualizado em 11 março 2020; acesso em 15 agosto 2021]. Disponível em: https://www.unasus.gov.br/noticia/organizacao-mundial-de-saude-declara-pandemia-de-coronavirus. Acesso em: 19/11/2021.

Ministério da Saúde (BR). Portaria no 454, de 20 de março de 2020. Declara, em todo o território nacional, o estado de transmissão comunitária do coronavírus (covid-19). Diário Oficial União. 20 mar 2020. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-454-de-20-de-marco-de-2020-249091587. Acesso em: 19/11/2021.

Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar. VIGISAN: Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil. Rio de Janeiro: Rede Penssan, 2021. Disponível em: http://olheparaafome.com.br/. Acesso em: 14/08/2021.

Perez-Escamilla, R. et al. An adapted version of the U.S. Department of Agriculture Food Insecurity Module is a valid tool for assessing household food insecurity in Campinas, Brazil. J Nutrition 2004 (135):.1923-8. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/15284377/. Acesso em: 20/09/2021.

World Health Organization. Obesity: preventing and managing the global epidemic. Report of a World Health Organization Consultation. Geneva: World Health Organization; 2000. p. 256. WHO Obesity Technical Report Series, n. 284. Disponível em: https://apps.who.int/iris/handle/10665/63854. Acesso em: 20/09/2021.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Orientações para a coleta e análise de dados antropométricos em serviços de saúde: Norma Técnica do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional - SISVAN/ Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – Brasília: Ministério da Saúde; 2015. 76 p: il. – (Série G. Estatística e Informação em Saúde). Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/orientacoes_coleta_analise_dados_antropometricos.pdf. Acesso em: 20/09/2021.

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios: Segurança Alimentar 2004. Rio de Janeiro: IBGE; 2006. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/monografias/GEBIS%20-%20RJ/segalimentar/suguranca_alimentar2004.pdf. Acesso em: 20/11/2021.

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios: Segurança Alimentar 2009/2013. Rio de Janeiro: IBGE; 2014. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv91984.pdf. Acesso em: 20/11/2021.

Pesquisa de Orçamentos Familiares 2017-2018: análise do consumo alimentar pessoal no Brasil / IBGE, Coordenação de Trabalho e Rendimento. - Rio de Janeiro : IBGE; 2020. 120 p. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv101742.pdf. Acesso em: 20/11/2021.

Prefeitura Municipal de Guarapuava: Guarapuava.pr.gov.br. 2021. Sobre Guarapuava. [online] Disponível em: <https://www.guarapuava.pr.gov.br/conheca-guarapuava/sobre-guarapuava/> Acesso em: 01/12/2021.

IBGE. Ibge.gov.br. 2021. Guarapuava (PR) | Cidades e Estados | IBGE. [online] Available at: <https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados/pr/guarapuava.html>. Acesso em: 01/12/2021.

Franco, JG et al. Insegurança alimentar, consumo alimentar e estado nutricional de mulheres beneficiadas pelo Programa Bolsa Família. Ciência&Saúde 2019; 12 (3): e32907. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faenfi/article/view/32907. Acesso em: 27/11/2021.

Witt, F; Etges, BI e Lepper, L. Insegurança Alimentar em famílias do Programa Bolsa Família. Segurança Alimentar e Nutricional 2018 25(2):. 85-93. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/san/article/view/8649841. Acesso em: 10/11/2021.

Nunes TS, Cruz JMG, Pinho L. Avaliação da segurança alimentar e nutricional de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família. Nutrire [internet]. 2014; 2 (39): 233-242. Disponível em: http://docs.bvsalud.org/biblioref/2017/05/322136/artigo.pdf. Acesso em: 20/11/2021.

Anschau FR, Matsuo T, Segall-Corrêa AM. Insegurança alimentar entre beneficiários de programas de transferência de renda. Rev. Nutr., 2012 25(2):177-189. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rn/a/kWrgBwzqgJ7VMGGjNykmfbq/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 20/11/2021.

Ribeiro CSG, Pilla MCBA. Segurança alimentar e nutricional: interfaces e diminuição de desigualdades sociais. Demetra 2014; 9(1):41-52. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/demetra/article/view/6642. Acesso em: 20/11/2021.

WHO. Guideline: assessing and managing children at primary health-care facilities to prevent overweight and obesity in the context of the double burden of malnutrition. Geneva, 2017. Disponível em: https://www.who.int/publications/i/item/9789241550123. Acesso em: 20/11/2021.

Dietz, W.H. Does hunger cause obesity? Pediatrics 1995 95(5):766. Disponível em: https://publications.aap.org/pediatrics/article-abstract/95/5/766/59728/Does-Hunger-Cause-Obesity?redirectedFrom=fulltext. Acesso em: 25/11/2021.

Dinour LM, Bergen D, Yeh MC. The food insecurity-obesity paradox: a review of the literature and the role food stamps may play. J Am Diet Assoc. 2007 Nov;107(11):1952-61. doi: 10.1016/j.jada.2007.08.006. PMID: 17964316. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/17964316/. Acesso em: 25/11/2021.

FAO, IFAD, UNICEF, WFP and WHO. 2020. The State of Food Security and Nutrition in the World 2020. Transforming food systems for affordable healthy diets. Rome, FAO. Disponível em: https://www.fao.org/documents/card/en/c/ca9692en/. Acesso em: 01/12/2021.

Matozinhos FP, et al. Neighbourhood environments and obesity among adults: a multilevel analysis of an urban Brazilian context. Prev Med Rep 2015; 2:337-41. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26844089/. Acesso em: 25/11/2021.

Widener, M. Spatial access to food: retiring the food desert metaphor. Physiology & behavior 2018 (193): 257-260,. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/29454842/. Acesso em: 20/11/2021.

Karpyn, A et al. Correlates of Healthy Eating in Urban Food Desert Communities. International Journal of Environmental Research and Public Health 2020 17(17)6305. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7504505/. Acesso em: 20/11/2021.

Dubowitz, T et al. Healthy food access for urban food desert residents: examination of the food environment, food purchasing practices, diet and BMI. Public health nutrition 2015 18(12) 2220-30. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/25475559/. Acesso em: 20/11/2021.

Brasil. lei no 13.987, DE 7 DE ABRIL DE 2020. Altera a Lei no 11.947, de 16 de junho de 2009, para autorizar, em caráter excepcional, durante o período de suspensão das aulas em razão de situação de emergência ou calamidade pública, a distribuição de gêneros alimentícios adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) aos pais ou responsáveis dos estudantes das escolas públicas de educação básica. De abril de 2020. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/lei/l13987.htm. Acesso em: 30/11/2021.

PNAE - Programa Nacional de Alimentação Escolar. Portal do FNDE. Disponível em: <http://www.fnde.gov.br/index.php>. Acesso em: 30/11/2021.

Sperandio N, Morais DC. Alimentação escolar no contexto de pandemia: a ressignificação e o protagonismo do Programa Nacional de Alimentação Escolar. Segur. Aliment. Nutr. [Internet]. 4o de março de 2021; 28 (00): e021006. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/san/article/view/8661396. Acesso em: 27/11/2021.

Alber, JM; Green, SH; Glanz, K. Perceived and observed food environments, eating behaviors, and BMI. American journal of preventive medicine 2018 54(3): 423-9. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/29338954/. Acesso em: 20/11/2021.

Santos EM, Mazur CE, Melhem ARF. Estado nutricional e consumo alimentar determinam a (in)segurança alimentar e nutricional em famílias do Bolsa Família. In: Carvalho Jr (Org.). Ciências da Saúde: desafios, perspectivas e possibilidades. V 3. Rio de Janeiro: Editora Científica, 2021. Disponível em: https://www.editoracientifica.org/books/isbn/978-65-5360-022-5. Acesso em: 01/12/2021.

Araújo ML, Mendonça RD, Filho JD, Lopes AC. Association between food insecurity and food intake. Nutrition. 2018 Oct; 54:54–59. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/29775834/. Acesso em: 20/11/2021.

Salles-Costa R, Pereira RA, Vasconcellos MT, et al. Associação entre fatores socioeconômicos e insegurança alimentar: estudo de base populacional na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, Brasil. Revista de Nutrição, 2008 21supl.0:S99-S109. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rn/a/fq69hBWpxzHC8MFXDfXDLqD/?lang=pt. Acesso em: 20/11/2021.

Borges CA, Claro RM, Martins AP, et al. Quanto custa para as famílias de baixa renda obterem uma dieta saudável no Brasil? Cadernos Saúde Pública, 2015;31(1): 137-148. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csp/a/F38ZZzHSvBJT8QNgJStcDZx/abstract/?lang=pt. Acesso em: 20/11/2021.

Mook K, Laraia BA, Oddo, VM, et al. Food security status and barriers to fruit and vegetable consumption in two economically deprived communities of Oakland, California, 2013–2014. Preventing Chronic Disease, 2016; 13(E21):1-13. Disponível em: https://www.cdc.gov/pcd/issues/2016/15_0402.htm. Acesso em: 20/11/2021.

Araújo, M.L., et al. Características do ambiente alimentar comunitário e do entorno das residências das famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família. Cien Saude Colet [periódico na internet] (2021/Jan). Disponível em: http://www.cienciaesaudecoletiva.com.br/artigos/caracteristicas-do-ambiente-alimentar-comunitario-e-do-entorno-das-residencias-das-familias-beneficiarias-do-programa-bolsa-familia/17905?id=17905&id=17905. Acesso em: 27/11/2021.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística [internet]. Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor - SNIPC [acesso em 22 nov 2021]. Disponível em: https://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/snipc/ipca/referencias/brasil/janeiro-2021. Acesso em: 22/11/2021.

Lee YS, Kim TH. Household food insecurity and breakfast skipping: Their association with depressive symptoms. Psychiatry Research. 2019 271:83-88. Disponível em: https://europepmc.org/article/med/30471489. Acesso em: 27/11/2021.

Radimer KL, Olson CM, Greene JC, Campbell CC, Habicht J-P. Understanding hunger and developing indicators to assess it in women and children. J Nutr Educ 1992; 24(Suppl.):36-45. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csc/a/5RKJPVxWBRqn3R5ZZC49BDz/?lang=pt. Acesso em: 22/11/2021.

Brasil. Medida Provisória no 870, de 2019. Estabelece a organização básica dos órgãos da Presidência da República e dos Ministérios. Disponível em: https://www.congressonacional.leg.br/materias/medidas-provisorias/-/mpv/135064. Acesso em: 30/11/2021.

Brasil. Decreto No 10.852, DE 8 de novembro de 2021. Regulamenta o Programa Auxílio Brasil, instituído pela Medida Provisória no 1.061, de 9 de agosto de 2021. Diário Oficial da União. De novembro de 2021. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/decreto-n-10.852-de-8-de-novembro-de-2021-357706502. Acesso em: 28/11/2021.

Brasil. Ministério da Saúde. Guia para acompanhamento das condicionalidades de saúde: Programa Auxílio Brasil [recurso eletrônico] / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção Primária à Saúde, Departamento de Promoção da Saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2022. 89 p.: il [citado 03 de novembro de 2022]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_acompanhamento_condicionalidades_auxilio_brasil.pdf.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Segurança Alimentar e Nutricional

Downloads

Não há dados estatísticos.