O chão que você pisa

práticas itinerantes para o ensino de solos

Autores

  • Jussiara Dias dos Santos Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Humberto Catuzzo Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

DOI:

https://doi.org/10.20396/td.v16i0.8657202

Palavras-chave:

Escolas Públicas, Material didático, Extensão, Aprendizagem

Resumo

Um projeto de extensão da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) executado entre 2018-2019 abordou práticas pedagógicas de ensino de solos nas escolas públicas de Diamantina/MG/Brasil, objetivando facilitar a compreensão dos solos a partir da realidade dos alunos dos níveis de ensino Fundamental II e Médio e associá-los à educação ambiental, análise da paisagem e ludicidade. Práticas realizadas na disciplina de Solos e Paisagens por meio de materiais simples, extraídos do cotidiano, exemplificam os diferentes tipos de solos e suas propriedades físicas e químicas; as modificações da paisagem de forma natural e antrópica, e a importância dos mesmos no equilíbrio natural e ecológico. Aproximadamente 3.500 pessoas foram atingidas e capacitadas, dentre alunos das escolas, professores e discentes do Curso de Geografia, incluindo estagiários e voluntários. O projeto contribuiu também para que alunos da UFVJM pudessem aprender sobre sua futura profissão, capacitando-se para contribuir na melhoria do ensino de Geografia no ensino básico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jussiara Dias dos Santos, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Bacharel em Humanidades e Graduanda em Geografia-Licenciatura pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Diamantina/MG, Brasil.

Humberto Catuzzo, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Doutor em Geografia pela Universidade de São Paulo. Professor do Curso Geografia e Humanidades da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Diamantina/MG. 

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria do Estado de Educação de Minas Gerais. Conteúdo Básico Comum: CBC Geografia. Minas Gerais. 2007. Disponível em: http://crv.educacao.mg.gov.br/sistema_crv/index2.aspx?. Acesso em: 10.09.2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Meio ambiente. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental. Brasília: MEC/SEF, p. 167-242, 1998. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/meioambiente.pdf. Acesso em: 10.09.2019.

BARROS, M.A.M. 2005. Recursos multisensoriais no ensino superior. In: Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 30, Anais ... Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, Recife, PE.

CARVALHO, A.C.X.; RAMPAZZO, C.R. O ensino do conteúdo de solos e a elaboração de materiais didáticos no 6°ano do ensino fundamental em Várzea Grande/MT. XVII Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada. V 1 (2017). p. 3418-3429. Junho/Julho. 2017. Disponível em: https://ocs.ige.unicamp.br/ojs/sbgfa/article/view/1969. Acesso em: 12.08.2019.

CAVALCANTI, L.S. Geografia, escola e construção de conhecimentos. 18.ed. Campinas, SP: Papirus, 2013.

CUNHA, J.E.; ROCHA, A.S; TIZ, G.J.; MARTINS, V.M. Práticas pedagógicas para o ensino sobre solos: aplicação à preservação ambiental. TERRÆ DIDATICA. V.9, n.2, p. 74-81, Janeiro/Abril. 2013. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/td/article/view/8637395/5116. Acesso em: 05.07.2019.

KAERCHER, N.A. Desafios e utopias no ensino de geografia. 3. ed. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 1999, p.51.

RUELLAN, A. Contribuição de pesquisas em zona tropical ao desenvolvimento da Ciência do Solo. In: Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 21, Campinas, SP, Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, p. 67-74. 1988.

SANTOS, A.P.; SILVA, T.D.; PIUZANA, D.; MORAIS, M.S.; GONTIJO, B. O ensino não formal em geociências: o relato de experiência do projeto gaia. Revista Eletrônica de Geografia Territorium Terram. v. 01, n 02, p. 87-106. Abr./Set. - 2013/2014. Disponível em: http://www.seer.ufsj.edu.br/index.php/territorium_terram/article/view/318. Acesso em: 12.04.2019.

SILVA, T.R.; SILVA, J.V.F.; MYIAZAKI, L.C.P. A utilização de maquetes didáticas nos estudos de conservação e degradação dos solos no ensino fundamental. XI Fórum Ambiental da Alta Paulista, v. 11, n. 4, 2015, p. 169-180. Disponível em: http://amigosdanatureza.org.br/publicacoes/index.php/forum_ambiental/article/download/1283/1303. Acesso em: 12.04.2019.

STEFFLER, M.; MARTINS, V.M.; CUNHA, J.E.; ROCHA, A.S. DANZER, M. O solo como instrumento de educação ambiental. UNIOESTE (Universidade Estadual do Oeste do Paraná), PR, 2012. 15 p. Disponível em: https://docplayer.com.br/20222367-O-solo-como-instrumento-de-educacao-ambiental.html. Acesso em: 12.06.2019.

VESENTINI, José, W. Ensino de geografia e luta de classes. In: OLIVEIRA, A. E. et. al. (org.). Para onde vai o ensino de geografia? 10. ed. São Paulo: Contexto, 2014.

Downloads

Publicado

2020-02-02

Como Citar

SANTOS, J. D. dos .; CATUZZO, H. O chão que você pisa : práticas itinerantes para o ensino de solos. Terrae Didatica, Campinas, SP, v. 16, p. e020004, 2020. DOI: 10.20396/td.v16i0.8657202. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/td/article/view/8657202. Acesso em: 26 nov. 2020.