Banner Portal
A utilização das novas tecnologias em uma escola experimental do Rio de Janeiro
PDF

Palavras-chave

Novas Tecnologias. Avaliação. Currículo.

Como Citar

MOURA, Diego Luz; SOUSA, Cleyton Batista. A utilização das novas tecnologias em uma escola experimental do Rio de Janeiro. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 16, n. 2, p. 346–361, 2014. DOI: 10.20396/etd.v16i2.1323. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/1323. Acesso em: 12 jun. 2024.

Resumo

A utilização das novas tecnologias no ambiente educacional é uma competência inovadora para o ensino. A escola ao dialogar com a cultura deve incorporar esta forma de comunicação na sua forma de fazer ver o mundo. No Rio de Janeiro, a Educopédia tem sido uma estratégia interessante. A utilização das novas tecnologias no ambiente educacional é uma competência inovadora para o ensino . A escola ao dialogar com a cultura deve incorporar esta forma de comunicação na sua forma de fazer ver o mundo. No Rio de Janeiro, a Educopédia tem sido uma estratégia interessante. Investigamos alunos de uma escola experimental que usam este recurso desde 2010.  A metodologia desta pesquisa foi um levantamento de opiniões do tipo survey de natureza quantitativa. Para a coleta dos dados foi utilizada a técnica Delphi para a construção de um escala Likert. Utilizamos 3 rounds consecutivos para se alcançar um consenso entre os informantes. A amostra da entrevista nos 3 roundsfoi composta por 50 alunos, sendo 25 do sexo masculino e 25 do feminino. Os alunos apoiam a inserção das novas tecnologias na escola e sugerem que esta poderia ser mais explorada. Indicamos que a Educopédia é um recurso com um significativo potencial de atuação. A Educopédia ainda não é utilizada largamente nesta escola. Os dados sugerem maior atenção ao processo de formação dos professores.
https://doi.org/10.20396/etd.v16i2.1323
PDF

Referências

AFONSO, Mariangela da Rosa. Aspectos interferentes na qualidade dos programas de mestrado em Educação Física no Brasil: um estudo descritivo. 1992. 107f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Gama Filho, Rio de Janeiro, 1992.

BAUER, Martin.; GASKEL, George. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 2002.

DESTRO, Denise de Souza. A política curricular em Educação Física do Município de Juiz de Fora-MG: hibridismo entre o contexto de produção do texto político e o contexto da prática. 2004. 168f. Dissertação (Mestrado Educação) – Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2004.

FREIRE, Elisabete dos Santos.; OLIVEIRA, José Guilmar Mariz de. Educação Física no Ensino Fundamental: identificando o conhecimento de natureza conceitual, procedimental e atitudinal. Motriz, Rio Claro, v.10, n.3, p. 140-151, set./dez. 2004. Disponível em: http://www.rc.unesp.br/ib/efisica/motriz/10n3/07FES.pdf.Acesso em: 10 Jan. 2014.

GARCIA, Marta Fernandes. Novas competências docentes frente às tecnologias digitais interativas. Rev. Teoria e Prática da Educação, v. 14, n. 1, p. 79-87, jan./abr. 2011. Disponível em: http://eduem.uem.br/ojs/index.php/TeorPratEduc/article/view/16108/8715. Acesso em: 07 Ago. 2014.

GIMENO SACRISTAN, José. O currículo: uma reflexão sobre a prática. Porto Alegre: ArtMed, 1998.

GOODSON, Ivor. Currículo: teoria e história. Petrópolis: Vozes, 2008.

HAYDT, Regina Celia. Curso de didática geral. 8. ed. São Paulo: Ática, 2006.

KISHIMOTO, Tizuko Morchida. Jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. São Paulo: Cortez, 1996.

LINSTONE, Harrold.; TUROFF, Murray (Ed.). The Delphi method: techniques and applications. Reading, MA: Addison-Wesley Publishing , 1975.

LOVISOLO, Hugo. Atividade física, educação e saúde. Rio de Janeiro: Sprint, 2000.

NÓVOA, Antonio. Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

PERRENOUD, Phileppe. 10 novas competências para ensinar. Porto Alegre: Artmed, 2000.

QUEVEDO, Angelita. O ensino semipresencial do ponto de vista do aluno. Revista e- curriculum, São Paulo, v.7, n.1, p. 1-21, Abril. 2011. Disponível em: http://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum/article/viewFile/5678/4004. Acesso em: 15 Dez. 2013.

SILVA, Tomas Tadeu da. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. 2.ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2002.

SOUZA JUNIOR, Marcícilo.; SANTIAGO, Eliete.; TAVARES, Marcelo. Currículo e saberes escolares: ambigüidades, dúvidas e conflitos. Pro-posições, Campinas, v. 22, n. 1, p. 183-196, jan./abr. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/pp/v22n1/14.pdf. Acesso em: 5 fev. 2014.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.

THOMAS, Jerry.; NELSON, Jack. Métodos de pesquisa em educação física. 3. ed. São Paulo: Artmed, 2002.

A ETD - Educação Temática Digital utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.