Banner Portal
Pesquisa em educação e concepções de conhecimento: a produção do conhecimento em questão
PDF

Palavras-chave

Pesquisa em educação. Concepções de conhecimento. Epistemologia. Produção do conhecimento.

Como Citar

ALMEIDA, Natalia Regina. Pesquisa em educação e concepções de conhecimento: a produção do conhecimento em questão. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 16, n. 1, p. 24–35, 2014. DOI: 10.20396/etd.v16i1.1327. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/1327. Acesso em: 15 jul. 2024.

Resumo

No campo de conhecimento em educação, a discussão sobre o tratamento atribuído à sua definição como campo, objeto investigativo e diferentes possibilidades teórico-metodológicas, epistemológicas, foi frequente nas últimas décadas do século XX. Nessa perspectiva, os aspectos que dizem respeito ao processo de construção e de produção de pesquisas no campo do conhecimento em educação e das diferentes possibilidades teórico-metodológicas merecem mais investimento teórico-conceitual. Desse modo, o presente artigo, a partir da pesquisa bibliográfica, tem por objetivo apresentar uma breve discussão sobre as diferentes concepções de conhecimento na construção de pesquisas no campo do conhecimento em educação e duas posições teórico-metodológicas da prática da pesquisa em educação. A título de considerações finais, a intenção aqui não é a de esgotamento da problemática em questão, pois são muitos os assuntos que permeiam a prática da pesquisa em educação.

https://doi.org/10.20396/etd.v16i1.1327
PDF

Referências

ALVES-MAZZOTTI, Alda Judith. Relevância e aplicabilidade na pesquisa em educação. Cad. Pesqui., São Paulo, n.113, p.39-50, jul. 2001.

GATTI, Bernardete Angelina. Pós-graduação e pesquisa em educação no Brasil. 1978-1981. Cad. Pesqui., São Paulo, n. 44, p.3-17, fev. 1983.

GATTI, Bernardete Angelina. Implicações e perspectivas da pesquisa educacional no Brasil contemporâneo. Cad. Pesqui., São Paulo, n. 113, p. 65-81, jul. 2001.

HOBSBAWM, Eric. Era dos extremos: o breve século XX. 1914-1991. São Paulo:Companhia das Letras, 1995, p. 11- 26, 537-562.

HOSTINS, Regina Célia Linhares. Formação de pesquisadores na pós-graduação em educação: embates ontológicos e epistemológicos. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPEd, 27., 2006, Caxambu. Anais do... Rio de Janeiro: ANPEd, 2006.

IANNI, Octavio. A sociedade global. 13. ed., Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008, p.167-183.

KUENZER, Acácia Zeneida; MORAES, Maria Célia Marcondes de. Temas e tramas na pósgraduação em educação. Educ. Soc., Campinas, v. 26, n. 93, dez. 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.phpscript=sci_arttext&pid=S010173302005000400015&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 20 set. 2010.

LÖWY, Michael. Ideologias e ciência social: elementos para uma análise marxista. 4. ed. São Paulo: Cortez, 1988.

LÖWY, Michael. As aventuras de Karl Marx contra o Barão de Münchhausen. Marxismo e Positivismo na Sociologia do conhecimento. São Paulo: Cortez, 2009.

OLIVEIRA, Inês Barbosa de; ALVES, Nilda. A pesquisa e a criação de conhecimentos na pós-graduação em educação no Brasil: conversas com Maria Célia Moraes e Acácia Kuenzer. Educ. Soc., Campinas, v. 27, n. 95, ago. 2006. Disponível em:

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010173302006000200013&lng=e

n&nrm=iso. Acesso em: 20 set. 2010.

PORTUGAL, Adriana Doyle. Considerações acerca da atual produção de conhecimento de inspiração marxista em filosofia da educação: uma perspectiva marxista. 2008. 115f. (Mestrado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2008.

SADER, Emir. A refundação do Estado e da Política. In: NOVAES, Adauto (Org.). A crise do Estado-nação. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003, p. 307- 321.

TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências social: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

WACHOWICZ, Lílian Anna. Dialética na pesquisa em educação. Diálogo Educ., Curitiba, v.2, n.3, p.175-185, jan./jun. 2001.

A ETD - Educação Temática Digital utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.