Banner Portal
Estágio docente como prática pedagógica
PDF

Palavras-chave

Estágio
Docência
Prática pedagógica
Educação

Como Citar

SENGIK, A. S.; TIMM, J. W.; STOBÄUS, C. D. Estágio docente como prática pedagógica. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 21, n. 4, p. 979–993, 2019. DOI: 10.20396/etd.v21i3.8652391. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/8652391. Acesso em: 20 fev. 2024.

Resumo

Este artigo busca refletir sobre a relevância do estágio docente na formação de professores, quando da realização de um curso de Formação Pedagógica ou de Mestrado/Doutorado. Nesse sentido, acredita-se que a prática realizada em sala de aula pelo profissional estagiário pode e deve melhor instrumentalizá-lo pedagogicamente. Faz-se uma análise baseada nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica (BRASIL, 2002), sendo adotado para o referencial teórico, entre outros, Freire (2009), Nóvoa (1995), Palombini (2004), Pimenta; Lima (2005/2006), Ramirez; Stobäus (2010), Tardif; Lessard (2005), Veiga (2010). Trata-se de uma reflexão teórico-prática sobre a experiência de estágio docente realizado para a disciplina de “Estágio Supervisionado II”, ao término do Programa Especial de Formação Pedagógica da Universidade de Caxias do Sul. Teve como foco as análises das interações vivenciadas entre a professora e os alunos, e discutiu-se as possíveis resistências e entraves que essas relações ocasionam em sala de aula, possibilitando comentar que o estágio é fundamental para a preparação do futuro professor, enquanto prática pedagógica, à medida que permite lidar com algumas das (im)previsibilidades que envolvem o trabalho docente e que integra as teorias com as práticas, repensando, reavaliando e ressignificando suas ações em sala de aula, permitindo (re)conhecer realidades escolares, intervir, (re)avaliar (resultados pessoais e profissionais), exigindo desse futuro profissional responder a diversas demandas que resultam do trabalho docente.

https://doi.org/10.20396/etd.v21i3.8652391
PDF

Referências

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda; MARTINS, Maria Helena Pires. Filosofando: Introdução à Filosofia. 4. ed. São Paulo: Moderna, 2009.

AZEVEDO, Tânia Maris de. Transposição didática de gêneros discursivos: algumas reflexões. Desenredo – Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, v. 6, n. 2, p. 198- 214, jul./dez., 2010.

BRASIL. MEC. Conselho Nacional de Educação. Parecer nº 09, de 2001. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Diário Oficial da União, Brasília, 18/01/2002. Seção 1, p. 31.

CHAVES, Adriana Josefa F. Os Processos Grupais em Sala de Aula. Disponível em: http://www.saude.ms.gov.br/controle/ShowFile.php?id=27854. Acesso em: 04 jul. 2014.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2009.

LUCKESI, Cipriano Carlos; BARRETO, Elói; COSMA, José; BAPTISTA, Naidison. Fazer universidade: uma proposta metodológica. São Paulo: Cortez, 1987.

MORIN, Edgar. A cabeça bem-feita. 4. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001.

NÓVOA, António. A Formação da profissão docente. In: NÓVOA, António. (Coord.). Os professores e a sua formação. 2. ed. Lisboa: Dom Quixote, 1995. p. 15- 33.

PALOMBINI, Analice de Lima. Formação profissional e construção de conhecimento em interação com a comunidade: supervisão na Universidade. In: NASCIMENTO, Célia A. Trevisi do; LAZZAROTTO, Gislei D. Romanzini; HOENISCH, Júlio Cézar D.; SILVA, Maria Cristina Carvalho da; MATOS, Rosângela da Luz (Org.). Psicologia e Políticas Públicas: experiências em saúde pública. Porto Alegre: CRP – 7ª Região, 2004. p. 73- 94.

PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e docência: diferentes concepções. Poíesis – Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação, Tubarão, v. 3, n. 3/4, p. 5- 24, 2005/2006.

RAMIREZ, Vera Lúcia; STOBÄUS, Claus Dieter. Profissionalismo docente e a docência na Educação Superior. In: CELL- Congresso Lasallista de Educação, Anais..., Niterói- RJ, 2010. p. 10- 16.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Prefácio. In: GADOTTI, Moacir. História das idéias pedagógicas. 8. ed. São Paulo: Ática, 2004. p. 11-13.

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude. O trabalho docente: elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. 2. ed. Rio de Janeiro: Vozes, 2005.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. A aventura de formar professores. 2. ed. São Paulo: Papirus, 2010.

A ETD - Educação Temática Digital utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.