Alfabetização científica voltada à formação cidadã

análise de uma intervenção didática nos anos iniciais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v22i2.8654510

Palavras-chave:

Ensino de ciências, Alfabetização científica, Formação científica e cidadã

Resumo

O estudo parte da necessidade de implementar e analisar propostas didáticas que favoreçam a alfabetização científica nos anos iniciais. Com essa percepção e acompanhada do entendimento de que ensinar Ciências está associada a buscar respostas aos problemas vivenciados pelos estudantes, formulou-se a questão de investigação: quais características associadas à alfabetização científica são beneficiadas por práticas pedagógicas pautadas pela busca de solução a problemas vivenciados pelos estudantes? Para responder a essa questão, o estudo estruturou uma proposta didática baseada nos Três Momentos Pedagógicos tomando-se como referencial a alfabetização científica em Lorenzetti (2000). O objetivo está em avaliar as contribuições da sequência didática para o processo de alfabetização científica. Em termos metodológicos adota-se a abordagem qualitativa e participante, envolvendo a produção de dados a partir dos registros da professora/pesquisadora no diário de bordo, coleta dos materiais elaborados pelos alunos e gravação em áudio e vídeo de uma das atividades realizadas - telejornal. Os resultados apontam que a sequência didática contribuiu para a alfabetização científica especificamente no uso de vocabulários enriquecido com termos e conceitos científicos, na identificação desses conhecimentos nas situações cotidianas, na identificação de que há mitos e crenças em grande parte dos conhecimentos adquiridos no mundo vivencial, sobre o papel consciente que cada sujeito deve exercer na sociedade e na sua responsabilidade crítica sobre os eventos circundantes. Por outro lado, se mostrou fragilizada em aspectos como a identificação de que não há verdade absolutas na ciência e que ela é fruto de um contexto social, cultural, econômico e político.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cleci Teresinha Werner da Rosa, Universidade de Passo Fundo

Doutora em Educação Cientifica e Tecnológica - Universidade Federal de Santa Catarina.  Docente permanente do Programa de pós-Graduação em Educação - Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática - Universidade de Passo Fundo, Instituto de Ciências Exatas e Geociências.

 

Raquel Langaro, Rede Pública Municipal

Mestre em Educação pela Universidade de Passo Fundo (UPF) . Servidora da Prefeitura Municipal de Tapejara e Servidora Pública da Secretaria de Educação do Estado do Rio Grande do Sul.

Referências

BARDIN, Laurence. A análise de conteúdo. Tradução de Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. 3. ed. Lisboa: Edições 70, 2004.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF: MEC/SEMTEC, 2017.

BOGDAN, Robert C.; BIKLEN, Sari Knopp. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto, 1994.

CHASSOT, Ático. Alfabetização científica: questões e desafios para a educação. Ijuí: Ed. Unijuí, 2000.

DELIZOICOV, Demétrio. Concepção problematizadora do Ensino de Ciências na Educação Formal. 1982.

Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1982.

DELIZOICOV, Demétrio. Conhecimento, tensões e transições. 1991. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1991.

DELIZOICOV, Demétrio. Problemas e problematizações. In: PIETROCOLA, Mauricio (Org.). Ensino de Física: conteúdo, metodologia e epistemologia numa concepção integradora. Florianópolis: UFSC, 2001.

DELIZOICOV, Demétrio; ANGOTTI, José André; PERNAMBUCO, Marta Maria. Ensino de ciências: fundamentos e métodos. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

LORENZETTI, Leonir; DELIZOICOV, Demétrio. Alfabetização científica no contexto das séries iniciais. Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, v. 3, n. 1, p. 37-50, 2001.

LORENZETTI, Leonir. Alfabetização científica no contexto das séries iniciais. 2000. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2000.

MINOSSO, Fernanda Balzan. Alfabetização científica e ensino de ciências nos anos iniciais: concepções e ações dos professores. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Física) - Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, 2017.

SANTOS, Maurício Takahashi dos. Consciência ambiental e mudanças de atitudes. 2005. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Centro Tecnológico, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2005.

SANTOS, Roziane Aguiar dos. O desenvolvimento de sequências de ensino investigativas como forma de promover a alfabetização científica dos alunos dos anos iniciais do ensino fundamental. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação Básica) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Santa Cruz, Bahia, 2016.

SANTOS, Wildson Luiz Pereira. Educação científica na perspectiva de letramento como prática social: funções, princípios e desafios. Revista Brasileira de Educação, v. 12, n. 36, p. 474-550, 2007.

SASSERON, Lúcia Helena. Alfabetização científica no ensino fundamental: estrutura e indicadores deste processo em sala de aula. 2008. Tese. (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

SASSERON, Lúcia Helena; CARVALHO, Anna Maria Pessoa de. Alfabetização científica: uma revisão bibliográfica. Investigações em Ensino de Ciências, v. 16, n. 1, p. 59-77, 2011.

SASSERON, Lúcia Helena. Alfabetização científica como objetivo do ensino de Ciências. 2017. p. 48-57. Disponível em: https://bit.ly/2qwDTVz . Acesso em: 10 jun. 2017.

SCHEID, Neusa Maria John. História da Ciência na educação científica e tecnológica: contribuições e desafios. Revista Brasileira de Ensino de Ciências e Tecnologia, v. 11, n. 2, p. 233-248, maio/ago. 2018.

Downloads

Publicado

2020-04-12

Como Citar

ROSA, C. T. W. da; LANGARO, R. Alfabetização científica voltada à formação cidadã: análise de uma intervenção didática nos anos iniciais. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 22, n. 2, p. 297–316, 2020. DOI: 10.20396/etd.v22i2.8654510. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/8654510. Acesso em: 3 dez. 2021.