Conversas interativas virtuais em um Programa Híbrido de Mentoria

temas tratados e abordagens adotadas de professoras experientes-mentoras

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v22i3.8654946

Palavras-chave:

Diálogo intergeracional virtual, Conversas interativas, Programa Híbrido de Mentoria, Professoras experientes, Mentoras

Resumo

Analisam-se temas e características de abordagens adotadas por professoras experientes, no papel de mentoras (M), evidenciadas nos diálogos intergeracionais virtuais mantidos com professoras iniciantes (PIs) do Programa de Híbrido de Mentoria (PHM), realizado por pesquisadoras de uma universidade pública. A partir de um estudo de natureza descritiva-analítica-exploratório, tendo como contexto de interação o Moodle (Ambiente Virtual de Aprendizagem - AVA), consideraram-se as interações de três díades (M-PI) nas fases iniciais do PHM, ao longo de 6-8 meses. As análises apresentadas referem-se às narrativas escritas registradas no AVA, numa perspectiva longitudinal dos diálogos mantidos por cada díade, levando-se em conta uma leitura representacional das situações relatadas. A partir da seleção de trechos ou pequenas “porções” das interlocuções, identificaram-se padrões adotados pelas M assim como temas tratados. Os resultados evidenciados apontam cinco diferentes padrões de interlocução, empregados pelas M ao abordarem temas como: características do PHM, sua organização e dinâmicas; trajetórias escolares e profissionais prévias das PIs; início da docência; práticas pedagógicas, incluindo concepções de ensino, aluno, aprendizagem etc. Esses resultados apontam haver certa associação de alguns padrões com a fase do processo de mentoria vivenciado pela díade, sem a identificação de uma taxionomia entre eles. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabiana Marini Braga, Universidade Federal de São Carlos

Doutora em Educação pela Universidade Federal de São Carlos. Professora associada do Departamento de Teorias e Práticas Pedagógicas da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). 

Aline Maria de Medeiros Rodrigues Reali, Universidade Federal de São Carlos

Doutora em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Professora titular da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). 

Priscila Menarin Cesário, Universidade Federal de São Carlos

Doutoranda em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Pesquisadora na área de Desenvolvimento profissional docente, Educação a Distância, Formação de professores, Docência Virtual e Tecnologias na Educação. Trabalha como docente na Educação Infantil e no Ensino Superior.

Mariângela Machado de Castro, Universidade Federal de São Carlos

Doutoranda em Educação pela Universidade Federal de  São Carlos. Tutora Virtual no projeto de pesquisa "Desenvolvimento profissional docente de professores experientes e iniciantes: Programa Híbrido de Mentoria" na mesma instituição.

Referências

AMARAL, Adriana. Autonetnografia e inserção online: o papel do pesquisador-insider nas práticas comunicacionais das subculturas da Web, Revista Fronteiras - estudos midiáticos, v. 11, n. 1, p. 14-24, jan./abr., 2009.

BORGES, Fabiana Vigo Azevedo. Os especialistas escolares no trabalho de mentoria: desafios e possibilidades. 2017. 286 f. Tese (Doutorado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de São Carlos, UFSCar, São Carlos, 2017.

BORKO, Hilda. Professional development and teacher learning: mapping the terrain. Educational Researcher, v. 33, n. 8, p. 3-15, 2004.

BRADBURY, Leslie; KOBALLA, Thomas. Borders to cross: identifying sources of tension in mentor-intern relationships. Teaching and Teacher Education, v. 24, n. 8, p. 2132-2145, 2008.

BRONDYK, Susan; SEARBY, Linda. Best practices in mentoring: complexities and possibilities. International Journal of Mentoring and Coaching in Education, v. 2, n. 3 p. 189-203, 2013.

CARROLL, David. Learning through interactive talk: A school-based mentor teacher study group as a context for professional learning. Teaching and Teacher Education, v. 21, p. 457-473, 2005.

COLE, Ardra Linnette; KNOWLES, John Garry. Teacher development partnership research: a focus on methods and issues. American Educational Research Journal, v. 30, n. 3, p. 473-495, 1993.

HOBSON, Andrew. J. et al. Mentoring beginning teachers: what we know and what we don't. Teaching and Teacher Education, v. 25, p. 207-216, 2009.

HORN, Ilana Seidel et al. A taxonomy of instructional learning opportunities in teachers' workgroup conversations. Journal of Teacher Education, v. 68, n. 1, p. 41-54, 2017.

INGERSOLL, Richard M.; STRONG, Michel. The impact of induction and mentoring programs from beginning teachers: a critical review of the research. Review of Education Research, v. 81, n.2, p. 201-233, 2011.

KOZINETS, Robert. Netnography: doing ethnographic research online. Sage: London, 2010.

LIMA, Emília de Freitas (Org.). Sobrevivências no início da docência. Campinas, SP: Liber-Editores Associados, 2006.

MACLELLAN, Effie; SODEN, Rebecca. Expertise, expert teaching and experienced teachers’ knowledge of learning theory. Scottish Educational Review, v. 35, n. 2, p. 110-120, 2003.

MARCELO, Carlos; VAILLANT, Denise. Políticas e programas de indução na docência na América Latina. Caderno e Pesquisa. [online], v. 47, n. 166, p. 1224-1249, 2017.

MARCOLINO, Taís Quevedo; MIZUKAMI, Maria da Graça Nicolletti. Narrativas, processos reflexivos e prática profissional. Interface - Comunicação, Saúde e Educação, Botucatu, v. 12, n. 26, p. 541-547, 2008.

MARIANO, André Luiz Sena. A pesquisa sobre o professor iniciante e o processo de aprendizagem profissional: algumas características, 2006. Disponível em: http://29reuniao.anped.org.br/trabalhos/posteres/GT08-2119--Int.pdf

ORLAND‐BARAK, Lily. Convergent, divergent and parallel dialogues: knowledge construction in professional conversations. Teachers and Teaching, v. 12, n. 1, p. 13–31, 2006.

RODGERS, Carol. Defining reflection: another look at John Dewey and reflective thinking. Teachers College Record, n.104, v.4, p.842-866, 2002.

SOUZA, Juliana; ARAÚJO, Daniel; PAULA, Diego. Mídia social Whatsapp: uma análise sobre as interações sociais, Revista ALTERJOR, v. 1, n. 11, 2015.

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude; LAHAYE, Louise. Os professores face ao saber: esboço de uma problemática do saber docente. Teoria e Educação, n. 4, 1991.

TIMPERLEY, Helen. Professional conversations and improvement-focused feedback: a review of the research literature and the impact on practice and student outcomes. Melbourne: AITSL, 2015.

VAUGHAN, Norman. A blended community of inquiry approach: linking student engagement and course redesign. The Internet and Higher Education, v. 13, n. 1–2, p. 60-65, 2010.

VAZ, Arnaldo; MENDES, Regina; MAUÉS, Ely. Episódios e narrativas de professores - experiências e perspectivas docentes discutidas a partir de pesquisas sobre conhecimento pedagógico do conteúdo. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 21., Caxambu, 2001. Anais..., Caxambu, Brasil, 2001.

Downloads

Publicado

2020-08-13

Como Citar

Braga, F. M., Reali, A. M. de M. R., Cesário, P. M., & Castro, M. M. de. (2020). Conversas interativas virtuais em um Programa Híbrido de Mentoria: temas tratados e abordagens adotadas de professoras experientes-mentoras . ETD - Educação Temática Digital, 22(3), 712–730. https://doi.org/10.20396/etd.v22i3.8654946