Organismos internacionais e educação superior

proposições da agenda E2030

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v22i3.8659308

Palavras-chave:

Educação superior, Internacionalização da educação superior, Organismos internacionais, Agenda E2030

Resumo

Compreender a educação superior é uma tarefa complexa. Um dos fatores que caracteriza tal complexidade são as relações entre diversos níveis socioeconômicos que impacta a educação superior. No concerto da contemporaneidade, o nivel global tem sido uma forte interferência na educação superior (AUTOR, 2019a) e confere uma importância marcada à internacionalização. Esse contexto nos levou a analisar concepções e propostas de organismos internacionais, para esse nível de ensino. Essa compreensão se configura em um guarda-chuva com suas múltiplas varetas, constituindo-se em um abrigo para as intempéries de um mundo global que se defronta com modelos de universidade tradicional e modelos de universidade do século XXI que convivem com configurações de contextos emergentes. (AUTOR, 2014). Para dar conta desses fatores analisamos perspectivas global e regional, essa última voltada à América Latina e Caribe, por óbvias razões e, levantamos considerações para (re) pensar a Internacionalização da Educação Superior. O texto tem um caráter de identificação, seleção e sistematização de proposições de organismos internacionais emblemáticos para a educação superior, extraídos de documentos oficiais e disponíveis on line, através de análise qualitativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marília Costa Morosini, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Doutora em Educação pela UFRGS e Pós-doutora no LILLAS/Universidade do Texas. Professora Titular da PUCRS, Coordenadora do CEES – Centro de Estudos em Educação Superior, Coordenadora da RIES – Rede Sulbrasileira de Investigadores da Educação Superior. Pesquisadora 1A CNPq.

Manuir José Mentges, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Atualmente é Pró-Reitor de Graduação e Educação Continuada (PROGRAD) da PUCRS e presidente da Rede Marista Internacional de Instituições de Educação Superior. 

Referências

BRUNDTLAND, Gro Harlem et al. Our common future: report of the 1987 World Commission on Environment and Development. Oxford: Oxford Univ., 1987.

GUILE, David. O que distingue a economia do conhecimento? Implicações para a educação. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 38, n. 135, p. 611-636, set./dez. 2008.

MEDINA, Tahina Ojeda. Introducción. La cooperación Sur-Sur en América Latina y el Caribe: balance de una década (2008-2018). In: MEDINA, Tahina Ojeda; MUÑOZ, Enara Echart (Org.). La cooperación Sur-Sur en América Latina y el Caribe: balance de una década (2008-2018). Buenos Aires: CLACSO, 2019. E-book. p. 15-40.

MENTGES, M.; MOROSINI, M. Educação superior na ibero-américa: sinal dos tempos. In: MOROSINI, M. CERDEIRA, L. Educação superior em contextos emergentes: complexidade e possibilidades na universidade. Portugal: Educa, 2019. p. 155-176.

MOROSINI, M. Como internacionalizar a universidade: concepções e estratégias. In: MOROSINI, M. (Org.). Guia para a internacionalização universitária. Porto Alegre: EdiPucrs, 2019. Disponível em: http://editora.pucrs.br/livro/1838. Acesso em: 01 nov. 2019. p. 11-28.

MOROSINI, M. Educação superior na América Latina e Caribe: internacionalização e integração acadêmica. In: CONFERÊNCIAS UFRGS, 1., 2017, Porto Alegre. Palestras [...]. Porto Alegre: UFRGS, 2017. Disponível em: https://www.ufrgs.br/cres2018ufrgs/marilia-morosini-discute-a-internacionalizacao-e-a-integracao-acadêmica/. Acesso em: 11 out. 2019.

MOROSINI, M. Estado de conhecimento e questões do campo científico. Educação, Santa Maria, v. 40, n. 1, p. 101-106, jan./abr. 2015.

MOROSINI, M. Internacionalização do currículo: produção em organismos multilaterais. ROTEIRO, Joaçaba, v. 43, n. 1, p. 115-132, jan./abr. 2018. Disponível em: https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/roteiro/article/view/13090. Acesso em: 15 out. 2019.

MOROSINI, M. Qualidade da educação superior e contextos emergentes. Avaliação, Campinas, v. 19, n. 2, p. 385-405, 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-40772014000200007&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 11 out. 2019.

OECD. Trends Shaping Education 2019. Paris: OECD Publishing, 2019. Disponível em: https://www.oecd-ilibrary.org/education/trends-shaping-education_22187049 . Acesso em: 8 nov. 2019.

OECD. OECD Future of Education and Skills 2030. [S. l.]: OECD, 2015. Disponível em: https://www.oecd.org/education/2030-project/about/. Acesso em: 5 ago. 2019.

PERROTTA, Daniela Vanesa. Universidad, internacionalización e integración regional: la lucha por un proyecto latinoamericanista de universidad hacia la CRES 2018. In: SUASNABAR, Claudio et al. Balance y desafíos hacia la CRES 2018. Buenos Aires: IEC - CONADU/CLACSO/UMA, 2018. p. 163-174. (Aportes para pensar la Universidad Latinoamerica, Cuaderno 1.).

RYCHEN, Dominique Simon. E2030 conceptual framework: key competencies for 2030 (DeSeCo 2.0). Beijing: OECD Publications, 2016. Disponível em: https://www.oecd.org/education/2030-project/about/documents/. Acesso em: 8 nov. 2019.

SANCHÉZ VEGAS, Saadia. Educación para transformar vidas. In: CONFERENCIA INTERNACIONAL SOBRE EL FUTURO DE LA EDUCACIÓN “PERSPECTIVAS EN AMÉRICA LATINA”, 3., 12-14 de noviembre de 2018, Rio de Janeiro. Anais […]. Rio de Janeiro: UNESCO, 2018. Panel: Visión de Futuro.

SANTOS, Boaventura de Sousa; MENESES, Maria Paula (Org.) Epistemologias do sul. São Paulo: Cortez, 2010.

SORIANO, Luz Inmaculada Madera. Educación y desarrollo sostenible al 2030: internacionalización de la formación docente en América Latina y el Caribe. In: GACEL-ÁVILA, Jocelyne (Org.). CRES2018: Educación superior, internacionalización e integración en América Latina y el Caribe. Balance regional y prospectiva. Córdoba: IESALC/UNESCO, 2018. p. 89-111.

UNESCO. Educação 2030: Declaração de Incheon e Marco de Ação para a implementação do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 4: assegurar a educação inclusiva e equitativa de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos. [S. l.]: UNESCO, 2016b. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000245656_por. Acesso em: 9 nov. 2019.

UNESCO. Educação 2030: Declaração de Incheon e marco de ação, rumo a uma educação de qualidade, inclusiva e à educação ao longo da vida para todos. Brasília, DF: UNESCO, 2016a. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000243278_por. Acesso em: 10 nov. 2019.

UNESCO. Educação para a cidadania global: preparando alunos para os desafios do século XXI. Brasília, DF: UNESCO, 2015. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000234311 . Acesso em: 8 nov. 2019.

UNESCO. Educação para a cidadania global: tópicos e objetivos de aprendizagem. Brasília, DF: UNESCO, 2016c. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000244826 . Acesso em: 8 nov. 2019.

UNESCO. Educação para a cidadania global no Brasil. Brasília: UNESCO, [201-]. Disponível em: https://pt.unesco.org/fieldoffice/brasilia/expertise/global-citizenship-education . Acesso em: 8 nov. 2019.

UNESCO. International Institute for Higher Education in Latin America and the Caribbean (IESALC). Declaración. Córdoba: UNESCO, 2018a. Declaração proveniente da III Conferência Regional de Educación Superior para América Latina y el Caribe (CRES), realizada em 14 de junho de 2018 na cidade de Córdoba. Disponível em: https://www.unicamp.br/unicamp/sites/default/files/2018-07/doc_declaracaoCRES_2018.pdf. Acesso em: 12 nov. 2019.

UNESCO. International Institute for Higher Education in Latin America and the Caribbean (IESALC). Plan de Acción 2018-2028. Córdoba: UNESCO, 2018b. Plano de ação proveniente da III Conferencia Regional de Educación Superior para América Latina y el Caribe (CRES), realizada em 14 de junho de 2018 na cidade de Córdoba. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/1Mr_obMED-yv2RalSeC6L1YeStb1C9tiU/view . Acesso em: 5 ago. 2019.

UNESCO. International Institute for Higher Education in Latin America and the Caribbean (IESALC). Sobre el IESALC. Venezuela, [2019?]. Disponível em: https://www.iesalc.unesco.org/sobre-el-iesalc/. Acesso em: 12 nov. 2019.

YOUNG, Michael et al. Preliminary reflections and research on Knowledge, Skills, Attitudes and Values necessary for 2030. Beijing: OECD Publications, 2016. Disponível em: https://www.oecd.org/education/2030-project/about/documents/. Acesso em: 8 nov. 2019.

Downloads

Publicado

2020-08-13

Como Citar

Morosini, M. C., & Mentges, M. J. (2020). Organismos internacionais e educação superior: proposições da agenda E2030. ETD - Educação Temática Digital, 22(3), 632–650. https://doi.org/10.20396/etd.v22i3.8659308