Banner Portal
História, política e educação
PDF

Palavras-chave

História da educação no Paraná
Transição das repúblicas
Ensino primário
Entusiasmo pela educação

Como Citar

FARIAS, Cassio de Souza; CLARK, Jorge Uilson. História, política e educação: um estudo do ensino primário na transição dos períodos republicanos no Paraná (1920-1934). Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 20, p. e020030, 2020. DOI: 10.20396/rho.v20i0.8655134. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8655134. Acesso em: 16 jul. 2024.

Resumo

Busca-se compreender com essa Pesquisa o Ensino Primário na transição entre Repúblicas nos anos de 1920 a 1934 no estado do Paraná e seu papel como ator de mudanças na sociedade. A metodologia utilizada, se deu a partir da análise sob a ótica do conceito de “Entusiasmo pela Educação” configurado por Jorge Nagle (1974), das fontes impressas disponíveis no Arquivo Público do Paraná e no site Hemeroteca, bem como em documentos levantados no Instituto Geográfico e Histórico do Município de Paranaguá. O recorte temporal inicia em 1920 como ponto de partida das reformas educacionais no Paraná até 1934 com a promulgação da Constituição Federal de 1934. O Paraná, inicia em 1920 o processo de reformulação educacional com Caetano Munhoz da Rocha e foca no combate ao analfabetismo, onde o “grande problema da nação brasileira” consistia na “ignorância do povo”. Com este trabalho, foi possível observar a transição do Ensino Primário no Paraná a partir de 1930, onde os processos de disseminação do Ensino Elementar foram rompidos com a revolução de 1930 no Brasil. Concluiu-se então, que o Ensino Primário no Paraná, serviu primeiramente como agente de mudanças sociais em busca das mudanças no campo político e os primeiros passos para abraçar os interesses da camada social ligadas a burguesia-urbano-industrial, em busca de mão de obra para as novas indústrias que iam emergindo, enquanto na segunda República, com Vargas e consequentemente Manoel Ribas no Paraná, o plano de reconstrução nacional, se embasava no Ensino Profissional vinculado ao trabalho.

https://doi.org/10.20396/rho.v20i0.8655134
PDF

Referências

A ESCOLA: Revista do Grêmio dos Professores Públicos. Coritiba, v. 1, n. 1, 1906. PR: Typ. A Vapor. Disponível em: www.memoria.bn.br. Acesso em: 08 ago. 2018.

A ESCOLA: Revista do Grêmio dos Professores Públicos. Coritiba, v. 1, n. 1921. Dísponivel em: www.memoria.bn.br. Acesso em: 08 ago. 2018.

BARROS, J. D. O projeto de pesquisa em história: da escola do tema ao quadro teórico. 8. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

BRASIL. (Constituição de 1934). Constituição da República dos Estados Unidos do Brasil. Rio de Janeiro, 1934. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao34.htm. Acesso em: 20 out. 2018.

BRASIL. Decreto nº 19.941 de 30 de abril de 1931. Rio de janeiro, 1931. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1930-1939/decreto-19941-30-abril-1931-518529-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso em: 09 maio 2018.

CAMARGO, A. A. Mensagem à assembleia legislativa, 1 de fevereiro de 1929. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/873136/2480. Acesso em: 10 out. 2018.

CARVALHO, M. M. C. A escola e a República. São Paulo: Brasiliense. 1989.

COSTA, E. V. Da monarquia à república: momentos decisivos. 6. ed. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1999.

FARIAS, C. S. Instrução pública no Paraná: o ensino primário na visão de Caetano Munhoz da Rocha expressas nas mensagens de governo (1920-1924). Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 18, n. 3, p. 654-670, set. 2018. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8652307. Acesso em: 07 out. 2018.

FAUSTO, B. História concisa do Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2001.

FAUSTO, B. História do Brasil. 2. ed. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo: Fundação do Desenvolvimento da Educação, 1995.

GADOTTI, M. História das Ideias pedagógicas. 8. ed. São Paulo: Ática, 2004.

GHIRALDELLI JUNIOR, P. História da educação. 2. ed. rev. São Paulo: Cortez, 2001.

GOMES, R. Plano de desanalphalbetização. O Estado do Paraná, edição da manhã, Curitiba, v. 1, n. 231, 1925. Disponível em: http://memoria.bn.br. Acesso em: 07 ago. 2018.

NAGLE, J. Educação e sociedade na Primeira República. São Paulo: EPU, 1974.

OLIVEIRA, M. C. M.; VOGT, A. M. C. A política de educação do governo Vargas no Paraná. Revista UNIANDRADE, v. 11, n. 2, p. 5-18, dez 2010. Disponível em: http://www.uniandrade.br/revistauniandrade/index.php/revistauniandrade/article/view/8. Acesso em: 23 jul. 2017.

PÉCAUT, D.; GOLDWASSER, M. J. (Trad.). Os intelectuais e a política no Brasil: entre o povo e a nação. São Paulo: Ática, 1990.

PRADO JUNIOR, C. História econômica do Brasil. 23. ed. São Paulo: Brasiliense, 1980.

RIBAS, M. Mensagem à Assembleia Legislativa do Estado, ao instalar-se a 2 sessão ordinária da 1 legislatura da segunda república, de 1 de setembro de 1936. Disponível em: http://www.arquivopublico.pr.gov.br/arquivos/File/pdf/Ano_1936_MFN_939.pdf. Acesso em: 11 set. 2017.

RIBAS, M. Mensagem à Assembleia Legislativa do Estado, ao Instalar-se a Primeira Legislatura da Segunda República, de 16 de maio de 1935. Disponível em: http://www.arquivopublico.pr.gov.br/arquivos/File/pdf/Ano_1935_MFN_938.pdf. Acesso em: 11 set. 2017.

RIBAS, M. Mensagem à assembleia Legislativa do Estado. Curitiba, 1937. Disponível em: http://www.arquivopublico.pr.gov.br/arquivos/File/pdf/Ano_1937_MFN_940.pdf. Acesso em: 11 set. 2017.

RIBAS, M. Relatório do Interventor do Estado do Paraná, março de 1940. Disponível em: http://www.arquivopublico.pr.gov.br/arquivos/File/RelatoriosGoverno/Ano_1932_1939_MFN_825.pdf. Acesso em: 17 ago. 2017.

RIBEIRO, M. L. S. História da educação brasileira: organização escolar. 12. ed. São Paulo: Cortez, 1992.

ROCHA, C. M. Mensagem à assembleia legislativa do Paraná, 1 de fevereiro de 1926. Curytiba, 1926. Disponível em: https://bit.ly/2OnsNRd. Acesso em: 12 out. 2018.

ROCHA, C. M. Mensagem à assembleia legislativa, 1 de fevereiro de 1927. Curytiba, 1927. Disponível em: http://bit.ly/2QK4PMw. Acesso em: 14 out. 2018.

ROCHA, C. M. Mensagem à assembleia legislativa, 1 de fevereiro de 1928. Curytiba. 1928. Disponível em: http://www.arquivopublico.pr.gov.br/arquivos/File/pdf/msg1928_p.pdf. Acesso em: 17 out. 2018.

ROCHA, C. M. Mensagem presidencial do estado do Paraná, 1 de fevereiro de 1924. Curytiba, 1924. Disponível em: http://brazil.crl.edu/bsd/bsd/u621/. Acesso em: 02 dez. 2017.

RODRIGUES, M. O Brasil na década de 1910. 3. ed. São Paulo: Memórias, 2010.

ROMANELLI, O. O. História da educação no Brasil (1930/1973). 8. ed. Petrópolis: Vozes, 1986.

SAVIANI, D. Escola e democracia: teorias da educação, curvatura da vara, onze teses sobre educação e política. 32. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 1999.

SBARDELOTTO, D. K. História dos cursos normais públicos de formação de professores primários no Estado do Paraná. In: SILVA, J. C.; BATISTA, E. L.; SANFELICE, J. L. (Org.). História da educação, intelectuais e instituições escolares. Uberlândia: Navegando Publicações, 2016.

SODRÉ, N. W. Formação histórica do Brasil. 13. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1990.

SOUZA, E. F.; CAMPOS, N. Imprensa no Paraná e o combate ao analfabetismo: trajetória e pensamento de Raul Gomes (1889-1975). Rev. HISTEDBR On-line, Campinas, v. 13, n. 53, p. 133-152, 2013. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640197. Acesso em: 24 ago. 2018.

TOURINHO, M. Mensagem ao governo provisório de Getúlio Vargas. Curitiba, 1931. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/136417/Mensagem_1931_Governo_Republica_MFN_937.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 08 ago. 2018.

WEREBE, M. J. G. 30 anos depois. Grandezas e Misérias do Ensino no Brasil. São Paulo: Alinea, 1994.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.