v. 5 n. 2 (2016): Singularidades e Coletividades