Professor cosmopolita

as ações sociais de internacionalização nos programas de pós-graduação stricto sensu

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v22i3.8658308

Palavras-chave:

Professor cosmopolita, Internalização, Pós-Graduação, Ação social

Resumo

Esta pesquisa qualitativa, orientada pelo método compreensivo weberiano, objetivou compreender o papel do professor no processo de internacionalização nos Programas de Pós-Graduação stricto sensu de uma instituição pública municipal de ensino superior. Para isso, buscamos caracterizar as ações dos professores, bem como apreender suas razões, no processo de internacionalização. Em relação ao marco teórico, os estudos de Knight, Sanderson, entre outros, sustentaram a análise do material empírico. Quanto aos instrumentos para geração de dados e às fontes de pesquisa, realizamos análise de documentos de arquivos públicos e entrevista semiestruturada com quatro professores vinculados à instituição. Os resultados indicaram, na atuação dos professores, a produção intelectual, o intercâmbio acadêmico-científico, a gestão intercultural e a internacionalização do currículo, como tipos de ação racional em finalidade e em valores. À vista disso, compreendemos que o papel do professor da pós-graduação se configura por seu protagonismo cosmopolita no processo de internacionalização intrainstitucional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pablo Pereira, Universidade Regional de Blumenau

Mestre em Educação pela Universidade Regional de Blumenau (FURB). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Superior (GEPES/FURB) e da Rede Iberoamericana de Pesquisas em Políticas e Processos de Educação Superior (RIEPPES/UNOESC).

Marcia Regina Selpa Heinzle, Universidade Regional de Blumenau

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Professora e Pesquisadora da Graduação e do Programa de Pós-Graduação – Mestrado e Doutorado – em Educação da FURB. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Superior (GEPES/FURB).

Referências

A1. Entrevista II. [ago. 2018]. Entrevistador: Pablo Pereira. Blumenau, 2018. 1 arquivo .mp3 (31 min.). Entrevista concedida para pesquisa de mestrado do entrevistador.

A2. Entrevista III. [ago. 2018]. Entrevistador: Pablo Pereira. Blumenau, 2018. 1 arquivo .mp3 (13 min.). Entrevista concedida para pesquisa de mestrado do entrevistador.

A3. Entrevista IV. [set. 2018]. Entrevistador: Pablo Pereira. Blumenau, 2018. 1 arquivo .mp3 (13 min.). Entrevista concedida para pesquisa de mestrado do entrevistador.

A4. Entrevista V. [set. 2018]. Entrevistador: Pablo Pereira. Blumenau, 2018. 1 arquivo .mp3 (10 min.). Entrevista concedida para pesquisa de mestrado do entrevistador.

BORGES, Gustavo da Rosa; AMAL, Mohamed. Internacionalização de cursos stricto sensu: uma investigação sobre a distância e as práticas adotadas. Revista Gestão Universitária na América Latina – GUAL, v. 9, p. 260-281, maio 2016.

CAMPENHOUDT, Luc Van. Introdução à análise dos fenômenos sociais. Lisboa: Gradiva, 2003.

CARTER, Holly. M. Implementation of international competence strategies: faculty. In: KLASEK, Charles B. et al. (Ed.). Bridges to the future: strategies for internationalizing higher education. Carbondale: Association of International Education Administrators, 1992. p. 39-52.

DE WIT, Hans; LEASK, Betty. Internationalization, the curriculum and the discipline. International Higher Education, n. 83, p. 10-12, 2015.

DE WIT, Hans. Internationalisation of higher education, an introduction on the why, how and what. In: DE WIT, Hans (Ed.). An Introduction to higher education internationalisation, Milan, Italy: Centre for Higher Education Internationalisation (CHEI), Università Cattolica del Sacro Cuore, 2013.

DE WIT, Hans. Internationalization of higher education in the United States of America and Europe: a historical comparative, and conceptual analysis. Westport, CT: Greenwood, 2002.

DUARTE, Roberto Gonzalez et al. O papel dos relacionamentos interpessoais na internacionalização de instituições de ensino superior. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 28, n. 1, p. 343-370, mar. 2012.

FURB. Plano de desenvolvimento institucional 2010-2015. Blumenau, 2014. Disponível em: http://www.furb.br/web/4699/institucional/avaliacao/plano-de-desenvolvimento-institucional-pdi . Acesso em: 17 mar. 2017.

FURB. Resolução nº 197/2017, de 21 de dezembro de 2017, que institui a Política de Internacionalização da Fundação Universidade Regional de Blumenau – FURB. Blumenau, 2017. Disponível em: http://www.furb.br/web/3433/servicos/outros-portais-transparencia-furb/publicacoes-legais/resolucoes/2017-12 Acesso em: 30 abr. 2018.

FURB. Relato Institucional 2018. Blumenau, 2018. Disponível em: http://www.furb.br/web/1685/institucional/avaliacao/comissao-propria-de-avaliacao-cpa Acesso em: 29 out. 2018.

KERR, Clark. Higher education cannot escape history: issues for the twenty-first century, suny series frontiers in education. Albany: State University of New York Press, 1994.

KNIGHT, Jane. Internationalization remodeled: definition, approaches, and rationales. Journal of Studies in International Education, v. 8, p. 5-31, 2004.

KNIGHT, Jane. Five truths about internationalization. International Higher Education, n. 69, p. 4-5, out. 2012.

KNIGHT, Jane; DE WIT, Hans. Internationalization of higher education: past and future. International Higher Education, n. 95, p. 2-4, set. 2018.

LEASK, Betty. Using formal and informal curricula to improve interactions between home and international students. Journal of Studies in International Education, v. 13, n. 2, p. 205-221, 2009.

LEASK, Betty. Internationalisation of the curriculum and staff engagement: an introduction. In: DE WIT, Hans (Ed.). An introduction to higher education internationalization. Milan, Italy: Centre for Higher Education Internationalisation (CHEI), Università Cattolica del Sacro Cuore, 2013.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 10 ed. São Paulo: Hucitec, 2007.

MOITA, Filomena M. G. S. C.; ANDRADE, Fernando C. B. Ensino-pesquisa-extensão: um exercício de indissociabilidade na pós-graduação. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 14, n. 41, p. 269-280, maio/ago. 2009.

MORAES, Lúcio Flávio Renault de; MAESTRO FILHO, Antonio Del; DIAS, Devanir Vieira. O paradigma weberiano da ação social: um ensaio sobre a compreensão do sentido, a criação de tipos ideais e suas aplicações na teoria organizacional. Revista de Administração contemporânea, v. 7, n. 2, p. 57-71, 2003.

PEREIRA, Pablo; HEINZLE, Marcia Regina Selpa. A internacionalização da educação superior e o Plano Nacional de Educação 2014-2024: diretrizes, metas e estratégias. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 3, n. 1, p. 186-202, abr. 2017a. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8650582. Acesso em: 15 jul. 2019.

PEREIRA, Pablo; HEINZLE, Marcia Regina Selpa. Internacionalização: a quarta missão da Universidade. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 3, n. 3, p. 719-722, ago. 2017b. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8650630. Acesso em: 15 jul. 2019.

PLATAFORMA SUCUPIRA. Relatório de dados enviados do Coleta CAPES. 2017. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira . Acesso em: mai. 2018.

POSTIGLIONE, Gerard A.; ALTBACH, Philip G. Professor: the key to internationalization. International Higher Education, n. 73, 2013.

RAMOS, Milena Yumi. Internacionalização da pós-graduação no Brasil: lógica e mecanismos. Educação e Pesquisa, v. 44, e161579, 2018.

SANDERSON, Gavin. A foundation for the internationalization of the academic self. Journal of Studies in International Education, Standford, v. 12. n. 3, 2008.

SANDERSON, Gavin. Internationalisation and teaching in higher education. Higher Education Research & Development, v. 30, n. 5, p. 661-676, out. 2011.

SANTOS, Fernando Seabra; ALMEIDA FILHO, Naomar de. A quarta missão da universidade: internacionalização universitária na sociedade do conhecimento. Brasília: Editora Universidade de Brasília; Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2012.

SANTOS FILHO, José Camilo dos. Internacionalización de la educación superior: redefiniciones, justificativas y estrategias. Revista Espaço Pedagógico, v. 25, n. 1, p. 168-189, jan./abr. 2018.

SELL, Carlos Eduardo. Sociologia Clássica: Marx, Durkheim e Weber. 7. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2015.

STALLIVIERI, Luciane; BIAVA, Luísa. Publicação acadêmica internacional como estratégia de internacionalização das instituições de ensino superior. Revista de Educação do COGEIME, v. 26, n. 50, p. 125-138, 2017.

WEBER, Max. Metodologia das Ciências Sociais. São Paulo: Cortez; Campinas, SP: Editora da Universidade Estadual de Campinas, 1992.

Downloads

Publicado

2020-08-13

Como Citar

Pereira, P., & Heinzle, M. R. S. (2020). Professor cosmopolita: as ações sociais de internacionalização nos programas de pós-graduação stricto sensu. ETD - Educação Temática Digital, 22(3), 694–711. https://doi.org/10.20396/etd.v22i3.8658308