Em alguns instantes, mais uma coleção de arte e mais um estudo sobre coleções...
PDF

Palavras-chave

Coleções de arte
Instituições
Colecionadores
Historiografia da Arte

Como Citar

MALTA, M.; OLIVEIRA, E. D. G. de; COUTO, M. de F. M. Em alguns instantes, mais uma coleção de arte e mais um estudo sobre coleções... . MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 7, n. 3, p. 233–264, 2023. DOI: 10.20396/modos.v7i3.8674784. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8674784. Acesso em: 5 mar. 2024.

Resumo

A história da história da arte alinha-se a diferentes modelos de colecionismo: devotados à celebração de um passado autorizado, delineados pela necessidade pedagógica, pela preservação urgente de uma cultura ameaçada ou por estratégias políticas e econômicas especificas, como modo de bem transmitir um gosto, uma posição ideológica ou a excelência e a tradição dos mestres e suas instituições. O presente dossiê buscou acolher pesquisas recentes que pensam o artístico, seu juízo de valor e histórias em suas conexões e interações por meio de coleções e acervos. Os questionamentos que marcam os atuais debates sobre as interações entre a produção e a circulação cultural contemporâneas operam como marcos referenciais para discutir os processos relativos ao colecionamento e ao colecionismo da arte nos últimos dois séculos: coleções feitas, desfeitas, refeitas e coleções que ainda estão por vir.

https://doi.org/10.20396/modos.v7i3.8674784
PDF

Referências

ABREU, R. A fabricação do imortal: memória, história e estratégias de consagração no Brasil. Rio de Janeiro: Lapa, Rocco, 1996.

ALMEIDA, A. Uma flor de silêncio e assombro: memórias entrelaçadas na Coleção Perseverança. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 6, n. 1, p. 150–173, 2022. DOI: https://doi.org/10.20396/modos.v6i1.8667476. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8667476. Acesso em: ago. 2023.

BAL, M. Telling Objects: A Narrative Perspective on Collecting. In: CARDINAL, R.; ELSNER, J. (Eds.). The cultures of collecting. London: Reaktion Books, 1997, p.97-115.

BAUDRILLARD, J. O sistema dos objetos. São Paulo: Perspectiva, 1993.

BELTING, H. Arte global e o museu (GAM). In: BUDENSIEG, A; BELTING, H.; GROSSMANN, M. (Coords.). A virada global da arte contemporânea nas coleções brasileiras [workshop]. São Paulo: Goethe-Institut São Paulo, ZKM, Centro de Arte e Mídia Karlsruhe, Alemanha, Fórum Permanente de Museus de Arte São Paulo, 2008. Disponível em: https://iptv.usp.br/portal/video.action?idItem=2758. Acesso em: ago. 2023.

BENJAMIN, W. Desempacotando minha biblioteca: um discurso sobre o colecionador. In: BENJAMIN, W. Rua de mão única. Obras escolhidas, v.2. Brasília: Editora Brasiliense, 1987, p.227-235.

BENJAMIN, W. O colecionador. In: BENJAMIN, W. Passagens. Belo Horizonte: Editora UFMG; São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2009, p. 237-246.

BLOOM, P. Ter e manter: uma história íntima de colecionadores e coleções. Rio de Janeiro: Record, 2003.

BOLSA DE ARTE. Coleção Emanoel Araújo. Catálogo de leilão. São Paulo, 2023.

BROWN, B. On the contemporary: Jay-Z’s “Picasso Baby: a Performance Art Film”. Openspace, 14 oct. 2013. Disponível em: https://openspace.sfmoma.org/2013/10/on-the-contemporary-jay-zs-picasso-baby-a-performance-art-film/. Acesso em: ago. 2023.

CAFFÉ, J.; GONTIJO, J. Expor o sagrado: o caso do manto tupinambá na exposição Kwá Yepé Turusú Yuriri Assojaba Tupinambá. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 7, n. 2, p. 23–47, 2023. DOI: 10.20396/modos.v7i2.8670562. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8670562. Acesso em: ago. 2023.

CALVINO, I. A redenção dos objetos. In: _____. Coleção de areia. São Paulo: Companhia das Letras, 2010a, p.119-124.

CALVINO, I. Coleção de areia. In: _____. Coleção de areia. São Paulo: Companhia das Letras, 2010b, p.11-16.

CANCLINI, N. G. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. São Paulo: Edusp, 2013.

CARSOSO, R. Museu Nacional recebe doação de manto tupinambá do século 17. Agência Brasil, Brasília, 26 jun. 2023. Disponível em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2023-06/museu-nacional-recebe-doacao-de-manto-tupinamba-do-seculo-17. Acesso em: jul. 2023.

CHIARELLI, T. Apropriação/coleção/justaposição. In: APROPRIAÇÕES/COLEÇÕES. Porto Alegre: Santander Cultural, 2002, p.21-32.

COLEÇÃO EMANOEL ARAUJO. São Paulo: Bolsa de Arte, 2023. [catálogo de leilão]

DANTAS, D. De volta para casa. Brasil vai reaver 600 peças indígenas que estão na França. O Globo, Rio de Janeiro, p.13, 18 jun. 2023.

FERNEDA, G. Dinamarca devolverá ao Brasil manto Tupinambá levado no período colonial. CNN Brasil, 26 jun. 2023. Disponível em: https://www.cnnbrasil.com.br/nacional/dinamarca-devolvera-ao-brasil-manto-tupinamba-levado-no-periodo-colonial/. Acesso em: jul. 2023.

GALOFRÉ, E. A.; CATALÁN, C. B. (Eds.). El reverso de la historia del arte. Exposiciones, comercio y colecionismo (1850-1950). Gijón: Ediciones Trea, 2015.

GEORGEL, C. O colecionador e o museu, ou como mudar a história da arte? Trad. Ana Cavalcanti. Museologia e Interdisciplinaridade, Brasília, v.3, n.6, p.276-287, mar./abr. 2015. DOI: https://doi.org/10.26512/museologia.v3i6.16765. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/museologia/article/view/16765/15047. Acesso em: ago. 2023.

HASHIMOTO CORDARO, M. .; OKANO, M. Gêneros artísticos em discussão através de coleções de objetos asiáticos. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 5, n. 3, p. 197–221, 2021. DOI: 10.20396/modos.v5i3.8665547. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8665547. Acesso em: ago. 2023.

JAY-Z. Picasso Baby: A Performance Art Film. © 2013. Mark Romanek, director. S. Carter Enterprises, LLC., Distributed by Roc Nation Records, LLC. Music video. 10min.45s. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=67m0ng6fKQE. Acesso em: ago. 2023.

KNAUSS, P. O cavalete e a paleta: arte e prática de colecionar no Brasil. In: Anais do Museu Histórico Nacional, v.33. Rio de Janeiro: MHN, 2001, p. 23-44.

MALTA, M. et al. (Orgs). Histórias da arte em coleções. Rio de Janeiro: Rio Books, 2016.

MALTA, M.; OLIVEIRA, E. D. de. Arte compartilhada: coleções, acervos e conexões com a história da arte. In: SANTOS, N. C.; CARAVALHO, A. M. A. de (Orgs). Para pensar o compartilhamento nas artes: redes e conexões. Santa Maria: ANPAP, UFSM, UFRGS, 2015, p.8-20.

MARCONDES, G. Implodindo a colonialidade: a produção científica de artistas negras na/da arte contemporânea brasileira. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 6, n. 2, p. 147–177, 2022. DOI: 10.20396/modos.v6i2.8668411. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8668411. Acesso em: ago. 2023.

MONTECHIARE, R. Arte versus Cultura: A exibição dos objetos da Sala de África do Museo de Culturas del Mundo de Barcelona. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 3, n. 3, p. 191–208, 2019. DOI: 10.24978/mod.v3i3.4223. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8663193. Acesso em: ago. 2023.

NEWHOUSE, V. Toward a new museum. New York: The Monacelli Press, 1998.

OLIVEIRA, E. D. G. de. Algo familiar: considerações sobre as doações em museus de

arte brasileiros. Revista MUSAS, n. 6, p.78-92, 2014. Disponível em: https://antigo.museus.gov.br/wp-content/uploads/2015/01/Revista-Musas-6.pdf. Acesso em: ago. 2023.

OLIVEIRA, J. P. (Coord.). O manto indígena Tupinambá. In: OS PRIMEIROS BRASILEIROS [exposição virtual do Museu Nacional UFRJ]. Rio de Janeiro: Museu Nacional UFRJ, 2021. Disponível em: https://osprimeirosbrasileiros.mn.ufrj.br/pt/mundo-indigena/o-manto-tupinamba/. Acesso em: jul. 2023.

PAINE, C. Religious objects in museums: private lives and public duties. London: Bloomsbury, 2013.

PALMERI, M. Mutilation of political power: Spolia exhibiting as symbolic strategy. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 2, n. 2, p. 178–191, 2018. DOI: 10.24978/mod.v2i2.1054. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8663315. Acesso em: ago. 2023.

PAMUK, O. O museu da inocência. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

PAMUK O. The innocence of objects. New York: Abrams, 2012.

PEREC, G. Pensar/Classificar. Barcelona: Gedisa, 1986.

POMIAN, K. Colecção. In: ENCICLOPÉDIA EINAUDI. Memória/História. Porto: Imprensa Nacional; Casa da Moeda, 2014.

POPOVA, O. Structure and connections of Alexander Golitsyn’s agents network on the European art market of the 2nd half of the 18th century. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 09–24, 2017. DOI: 10.24978/mod.v1i3.861. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8662247. Acesso em: ago. 2023.

PORFÍRIO, I. Notas sobre a encruzilhada. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 6, n. 3, p. 402-428, set.2022. DOI: 10.20396/modos.v6i3.8670174. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8670174. Acesso em: ago. 2023.

PREZIOSI, D. Collecting/Museums. In: NELSON, R. S.; SHIFF, R. (Eds.). Critical Terms for Art History. Chicago: London: The University of Chicago Press, 2003, p.407-418.

RHEIMS, M. Le colectionneurs: de la curiosité, de la beauté, du goût, de la mode, et de la spéculation. Paris: Éditions Ramsay, 1981.

RHEIMS, M. La vie étrange des objects. Paris: Plon, 1959.

ROXO, E. A volta do manto tupinambá. Piauí, São Paulo, 27 jun. 2023. Disponível em: https://piaui.folha.uol.com.br/volta-do-manto-tupinamba/. Acesso em: jul. 2023.

SANTOS, D. O. C. dos; FAULHABER, P. A estética do Assombro nas coleções de arte popular de Jacque, Lina e Emanoel. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 3, n. 3, p. 228–241, 2019. DOI: 10.24978/mod.v3i3.4335. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8663180. Acesso em ago. 2023.

SILVA, M. O que é um objeto de museu sem as narrativas que o cercam? Museu de folclore: a exposição. MODOS. Revista de História da Arte. Campinas, v. 1, n.2, p.170-174, maio 2017. DOI:https://doi.org/10.24978/mod.v1i2.764. Disponível em: http://www.publionline.iar.unicamp.br/index.php/mod/article/view/764. Acesso em ago. 2023.

SIQUEIRA, V. B. Sítio Santo Antonio da Bica: As coleções de Roberto Burle Marx. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 1, n. 1, p. 90–112, 2017. DOI: 10.24978/mod.v1i1.731. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8662264. Acesso em ago. 2023.

STEWART, S. On longing: narratives of the miniature, the gigantic, the souvenir, the collection. Durham, London: Duke University Press, 1992.

TATSCH, F. G. A Virgem Abrideira dos Gozos de Maria da Coleção Ivani e Jorge Yunes: transculturalidade e espaços intermediários. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 5, n. 3, p. 313–372, 2021. DOI: 10.20396/modos.v5i3.8666746. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8666746. Acesso em: ago. 2023.

TINOCO, B. A. A vertigem do querer de um colecionador voraz: Entrevista com Sérgio Carvalho. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 2, n. 3, p. 261–272, 2018. DOI: 10.24978/mod.v2i3.1868. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8663222. Acesso em: ago. 2023.

VALLEGO, R. Novas aquisições: a coleção Roger Wright na exposição “Vanguarda Brasileira dos anos 1960”. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 2, n. 1, p. 296–304, 2018. DOI: 10.24978/mod.v2i1.1037. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8663341.

VERLAINE, J. Femmes collectionneuses d’art et mécènes. Paris: Éditions Hazan, 2013.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Marize Malta, Emerson Dionisio Gomes de Oliveira, Maria de Fátima Morethy Couto

Downloads

Não há dados estatísticos.